A proposta de criação do novo partido Muda Brasil (MB), que é articulado por dirigentes do Partido da República (PR), chegou em Mato Grosso. No Estado, as assinaturas já começaram a serem colhidas, a meta é de 10 mil. No entanto, para que a sigla seja registrada, são necessárias 500 mil (em todo o Brasil).

Segundo o ex-secretário adjunto Estadual de Transporte e Pavimentação Urbana e ex-vereador por Rondonópolis, José Márcio Guedes (PR), a proposta conta com o aval do senador e presidente Estadual do PR, Wellington Fagundes (PR). Quanto a aceitação na região Zé Márcio, afirma que tem sido boa.

“A proposta não se trata de troca de Partido, é preciso esclarecer que nem o senador e nem eu vamos mudar de sigla. Estamos contando com o apoio de vários prefeitos e vereadores para realizar esse trabalho. Acredito que vamos superar a meta”, avaliou ele.

Leia também:  Prefeitura encaminha projeto à Câmara que prorroga Mutirão de Negociação Fiscal

O 1º plano agora, de acordo com Guedes, é a coleta das assinaturas. As articulações de diretórios serão avaliadas posteriormente.

O ex-vereador ainda acrescenta que a proposta do MB é atrair descontentes de outras siglas, principalmente se não houver a abertura da janela. (proposta que tramita no Congresso onde é permitido um período de troca de legenda sem a perda do mandato. Um parlamentar só pode mudar de sigla por um motivo plausível ou criação de novo partido).

“Como o nome mesmo diz, Muda Brasil, a intenção é recepcionar pessoas que não estão confortáveis com a atual situação política no País”, relatou.

Nos bastidores o que se fala é que o MB pode se tornar um satélite do PR, que deverá formar um bloco político com mais de 50 deputados na Câmara Federal. A princípio, a intenção da cúpula do PR (partido patrocinador da criação do MB) não é se fundir à nova legenda, entretanto esta iniciativa não está descartada.

Leia também:  Vereador vai à Cuiabá procurar parcerias entre os poderes

Além do MB, tramitam no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) processos de criação de mais cinco partidos: a Rede Sustentabilidade, NOVO, Partido Militar, Partido da Mulher e o Partido Liberal (PL).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.