Incêndio em terreno baldio na Cidade Salmen - Foto: Varlei Cordova / AGORAMT
Incêndio em terreno baldio no Cidade Salmen – Foto: Varlei Cordova / AGORAMT

Militares do Corpo de Bombeiros (CB) de Rondonópolis, atenderam neste fim de semana, mais de 10 ocorrências relacionadas a queimadas urbanas. Entre as ocorrências estão três graves, sendo uma próxima a ponte sobre o Rio Arareau no Jardim Primavera, outra no fundo de uma transportadora no Anel Viário e a da Aldeia Tadarimana.

Major Cortes do bombeiro. Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Major Cortez fala sobre queimadas Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

De acordo com o comandante do CB, major Jomar Cortez de Andrade, este ano as queimadas urbanas aumentaram significativamente. “Infelizmente, quando chegar no término deste período, este número de queimadas deverá ser maior se comparado a outros anos”, acrescentou.

Para se ter uma ideia, só nos primeiros 15 dias deste mês foram atendidas 35 ocorrências, destas, boa parte são de queimadas em terrenos urbanos.

Leia também:  Inscrição do Ensino Médio e Superior do IFMT Rondonópolis encerra dia 8 de outubro

“Atendemos 35, mas o número de ocorrências é maior, já que outras foram comunicadas e ainda existe a possibilidade de existir outros focos que se quer foram comunicados”, ponderou Cortez.

O comandante afirma que falta conscientização, uma vez que são raros os casos onde o fogo tem início sem reação humana.

Por isso, uma equipe adicional deve ser implantada em breve em Rondonópolis. Segundo o major Cortez, o carro reserva do corpo de bombeiros que está em Primavera do Leste, deverá retornar ao município. Caso isto não ocorra, o comando irá preparar uma caminhonete com equipamentos de combate a incêndio.

“Estamos recebendo os últimos brigadistas que passaram neste último seletivo realizado pela Prefeitura. Em contrapartida com o Município, entregaremos semanalmente a Secretaria de Municipal de Meio Ambiente, um relatório do local onde foram atendidas as ocorrências, para que eles tomem as providências cabíveis, seja com notificação ou multa”, contou ele.

Leia também:  Prefeitura encaminha repasse do Estado para Santa Casa
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.