A proposta de fortalecimento do Campus Regional da Universidade do Estado de Mato Grosso no município Alto Araguaia (Sudeste do Estado) ganhou mais um capítulo. O Conselho Universitário da instituição (Consuni) aprovou o projeto de implantação dos cursos de Direito e Pedagogia para o campus local em reunião realizada na tarde desta quinta-feira (27) em Cáceres. O vestibular para os dois cursos está previsto para o final do ano. As inscrições serão outubro ou novembro. Fique atento!

A implantação dos cursos em Alto Araguaia é garantida por Convênio de Colaboração Educacional que será firmado entre a Unemat e a prefeitura de Alto Araguaia que investirá, em recursos próprios, R$ 1.877,176,06. O convênio tem por objetivo a conjugação de esforços no sentido de promover a cooperação, o desenvolvimento da Educação no município e na região mediante a implantação dos cursos especiais de Direito com duas turmas [uma pela manhã e outra à noite] com disponibilidade de 100 vagas, e de 50 vagas para Pedagogia, no período noturno.

Leia também:  Em 2017, cerca de 160 suspeitos de roubos e furtos de veículos são presos

Os recursos repassados pela prefeitura à Unemat serão exclusivamente aplicados na aquisição de livros para estruturação de biblioteca para atender os dois cursos, contratação de professores e construção laboratórios de informática. Também pode ocorrer eventual adequação de salas de aula ou de espaço que abrigará as coordenações dos dois cursos, exigências base para a criação dos mesmos.

O curso de Pedagogia está orçado em R$ 597.059,98 enquanto que o de Direito R$ 1.280.116,08 para serem implantados no município, valor esses referentes ao repasse que será feito pela prefeitura com recursos próprios.

A aprovação pelo Consuni é apenas mais uma etapa do processo, que terá outras fases subsequentes. A próxima deve ser a assinatura do Termo de Cooperação Financeira-Educacional com a prefeitura e o agendamento do vestibular para a primeira turma. Atualmente o Campus da Unemat de Alto Araguaia conta com os cursos de Comunicação Social/Habilitação em Jornalismo, Ciência da Computação e Letras.

Leia também:  No 1º semestre, MT registra alta de 360% em notificações de chikungunya

Cumprindo agenda em Brasília, o prefeito Maia Neto (PR) disse que acreditava na criação dos dois novos cursos para o fortalecimento da Unemat de Alto Araguaia. “Sempre acreditamos. É com parceria firme, dinâmica e verdadeira que chegamos aos resultados. A implantação desses novos cursos é a soma de esforços que vem se desencadeando desde 2013 com reuniões em Cuiabá e em Cáceres. Quem ganha é a comunidade de Alto Araguaia e de toda região, que terá uma universidade cada vez mais forte. Importante destacar a parceria entre prefeitura, Câmara de Vereadores e a Unemat”, disse o prefeito.

NADA DE MUDANÇAS DOS CURSOS
Muito se falou da possibilidade de transferência dos cursos de Letras e Comunicação Social/Habilitação em Jornalismo para Rondonópolis devido à baixa procura, mas essa possibilidade foi descartada.

O percentual de vagas ociosas atinge 67% em Letras e 60% em Jornalismo. No debate da reunião do Consuni nesta quinta-feira ficou definido pela manutenção dos atuais cursos ofertados em Alto Araguaia. Porém, serão implementadas políticas de fortalecimento. Entre as propostas, está a possibilidade de ofertas de cursos fora de sede para ampliar a oferta à comunidade local.

Leia também:  Estão abertas as inscrições para o curso pré-vestibular gratuito na Secitec

Outra ação muito importante, até para reduzir os custos dos acadêmicos vindos de outras localidades, é a possibilidade de instalação de um restaurante universitário e a ampliação de vagas na Casa do Estudante Universitário. Atualmente são 12 e o objetivo é ampliar para 90 vagas. A prefeitura já mantém duas casas para estudantes (uma feminina e outra masculina) arcando com custos de aluguel, energia e água, além de garantir aos estudantes o mobiliário.

“Vamos pensar em estratégias para que o campus seja mais fortalecido e que nenhum curso saia”, ressaltou a professora Gislaine Aparecida de Carvalho, diretora político-pedagógica e financeira da Unemat de Alto Araguaia.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.