Sem pressa para definir o planejamento da temporada 2016, o Operário Várzea-grandense mantém foco nas ações para arrecadar dinheiro. A diretoria deve lançar um bingo na próxima semana, em que espera arrecadar cerca de R$ 150 mil para dar o pontapé inicial nos trabalhos. Ainda sem nenhum atleta confirmado para o próximo ano, nem comissão técnica, o presidente Geovani Banegas falou sobre quais atletas irá propor uma renovação de contrato.
Um que tem presença garantida é o atacante Tito, operado no joelho e que irá realizar tratamento com ajuda do clube. Segundo Banegas, o time espera continuar com o goleiro Cleiton e Hailson, com o zagueiro Odail Júnior e Sérgio Rafael, os volantes Jean, Tony, Jamba e Flatini. Os meias Renan e Alex Ricardo, além do atacante Júlio Alves.
– Montamos um bom elenco para a Série D, mas não deu liga. Tem jogadores de qualidade que vamos propor para que continuem conosco. E queremos trazer jogadores de peso, que chequem para vestir a camisa e resolvam em campo. Mas ainda é cedo, não temos pressa. Nem sabemos quando irá começar o Mato-Grossense, então estamos trabalhando ainda para definir quem fica e quem será o treinador – disse.
Especulado para ser o treinador do time, o ex-volante Vandinho pode ter um cargo na diretoria, possivelmente como gerente de futebol.
– Existe essa possibilidade. Ele vai ficar conosco, mas ainda não definimos em qual área.
Banegas evitou falar em nomes para ser o treinador da equipe, mas voltou a dizer que tem interesse em Marcos Birigui, Ary Marques e Fernando Marchiori.
Em 2016, o Operário VG vai disputar o Mato-Grossense, Copa Verde e Copa do Brasil.

Leia também:  2ª Noitada de Boxe Olímpico acontece em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.