O eclipse total da Lua pôde ser observado durante mais de uma hora neste domingo (27), por volta das 23h11 até 0h23 (horário de Brasília), do continente americano até o Oriente Médio. O astro, que não produz luz própria, aproveitando a que recebe do Sol, esteve alinhado com o Sol e a Terra.

saiba mais
Superlua e eclipse total ocorrem ao mesmo tempo na noite deste domingo
Blog do Observatório: Eclipse da superlua
Menos sangue, mais astronomia! Entenda o que é a superlua
Em seu ponto mais próximo da Terra, a Lua, grande e luminosa, ficou vermelha em um eclipse total, um fenômeno magnífico que só voltará a acontecer em 2033. Os admiradores que conseguiram contemplá-la foram presenteados com um espetáculo da natureza.
A Lua desapareceu do nosso campo de visão, privada dos raios solares, e reaparecereu pintada de vermelha – por isso, também é conhecida como “lua sangrenta” ou lua de sangue. A transmissão foi feita pelo site da redes de observatório Slooh e reproduzido no Youtube.

Leia também:  Terremoto atinge o México pela terceira vez em uma semana

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.