Explicação quanto ao estado de greve dos servidores do INSS - Foto; Você-repórter
Explicação quanto ao estado de greve dos servidores do INSS – Foto; Você-repórter

A greve dos servidores do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) foi suspensa pela categoria em Mato Grosso, após assembleia realizada nesta segunda-feira (28). A categoria acatou a proposta do governo federal pelo pagamento do reajuste de 10,8% em duas parcelas. Inicialmente a reivindicação era reajuste de 27%. A previsão é que os trabalhos nas agências sejam retomados quinta-feira (1º).

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Seguridade, Trabalho e Previdência Social em Mato Grosso (Sindsprev-MT), apesar de suspenso o movimento, os servidores continuam em estado de greve (é uma situação aprovada pelos trabalhadores, mas alertando aos governantes que podem voltar em greve a qualquer momento).

Em Rondonópolis, onde a greve foi iniciada há 84 dias, os servidores ainda aguardam como serão retomados os trabalhos, já que ainda não foram definidos os procedimentos pelo INSS. Caso a definição seja abusiva, os servidores ainda podem continuar com a paralisação. Outro detalhe, é que a agência deverá voltar com cinco servidores, em consequência de remoção e aposentadoria. Desta forma, o público não deve contar com o atendimento em todos os serviços.

Leia também:  Cães e gatos devem ser vacinados contra a raiva neste sábado em Rondonópolis

De acordo com informações dos representantes em Rondonópolis, a partir das 9h desta quarta-feira (30), será comunicado à imprensa, os procedimentos tomados na unidade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.