E mais uma vez Rondonópolis – MT apresenta resultados negativos em relação a geração de empregos com carteira assinada. O mês de agosto terminou com saldo negativo de 291 demissões. Desde o início de 2015 que a cidade não vem passando por um bom momento no que se diz respeito a geração de emprego e o fechamento dos oito primeiros meses do ano resultou em um saldo negativo de 804. Esse total é alarmante e representa uma queda bem maior que 100% na criação de emprego formal na cidade.

O setor que mais demitiu em Rondonópolis durante o mês de agosto foi o de Comércio, com 104 pessoas desligadas. Em seguida foi o setor de Construção Civil com 88 e o de Serviços com 74 pessoas demitidas.

Leia também:  Peixes aparecem mortos no Ribeirão Arareau e mau cheiro intriga moradores

O único setor que fechou o mês com saldo positivo foi o de Extrativa Mineral, e ainda assim com um número de contratações insignificante em comparação a outros período. Foram contratada apenas 3 pessoas.

Já no mesmo período de 2014, o mês de agosto terminou com saldo positivo de 87 pessoas contratadas com carteira assinada. Neste período o setor de Comércio fechou o mês com saldo negativo de 41 demissões e o setor de Construção Civil foi o que mais contratou com 61 pessoas empregadas.

As informações foram divulgadas pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

LEIA MAIS

Geração de emprego em Rondonópolis é a pior em 3 anos

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.