João Paulo Pereira França alega ser agredido por vereador em Itiquira. Foto: Ricardo Costa/AGORAMT
João Paulo Pereira (rosa) acompanhado do pai e do irmão – Foto: Ricardo Costa/AGORAMT

O servidor público, João Paulo Pereira França, 22 anos, registrou na tarde desta quinta-feira (17) um Boletim de Ocorrência (BO) contra o vereador Silvano Tunes Leite (PSD) do município de Itiquira, após ser agredido em uma via pública da cidade. O jovem que é lotado na Secretaria de Assistência Social afirmou que por volta das 13h de hoje foi surpreendido pelo vereador que parou o carro, desceu e o agrediu com um soco no nariz.

O jovem contou ao site AGORA MT que Silvano teria descido do carro dizendo que ‘ele iria pagar’ e que ‘isso não ficaria assim’. “Eu perguntei pra ele, mas o que está acontecendo? E foi neste momento que ele me deu um soco no rosto”, afirmou o servidor.

Leia também:  Chacina em Rondonópolis pode ter ligação com fuga de presidiários da Mata Grande

Após ser atacado pelo parlamentar, a vítima disse que tentou se defender, porém Silvano retornou para o carro e foi embora. O jovem afirmou que ele estava caminhando sozinho no momento da agressão, já o vereador estava na companhia de seu filho.

João Paulo acredita que seria uma postagem feita por ele em uma rede social que teria despertado a ‘ira’ de Silvano. “Eu postei uma denúncia no meu Facebook contra um vereador, mas não citei nomes, mas acredito que esse tenha sido o motivo da agressão”, conta.

João França
Post feito na rede social que segundo João possa ter sido o motivo da agressão

 

O pai de João Paulo, Adir Jesus França, que também é servidor público, alegou que após registrar o BO, ele e o seu outro filho receberam ameaças de Silvano. De acordo com eles esse mesmo vereador já tem histórico de agressão.

Leia também:  Dois homens são presos depois de abusarem de um menino de 6 anos em Cuiabá

“Silvano já agrediu outras duas pessoas, inclusive na antiga legislatura chegou a ser pedido a cassação dele devido a uma dessas agressões”, disse o pai da vítima.

João Paulo registrou o Boletim e esteve no Instituto Médico Legal (IML) de Rondonópolis para fazer o exame de Corpo de Delito. “Ele sendo uma autoridade não pode sair assim agredindo as pessoas na rua, eu registrei o Boletim e agora deixo o caso nas mãos da Justiça”, finalizou João Paulo.

OUTRO LADO

A reportagem tentou contato com o vereador Silvano Tunes Leite pelo número de celular disponível no site da Câmara de Itiquira, porém o parlamentar não atendeu as ligação para comentar o caso.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.