Os supostos relatórios do Gaeco sobre as interceptações telefônicas mostrando conversas de Silval Barbosa (PMDB) não param de ‘vazar’. Desta vez, o alvo seria conversas do ex-governador com várias pessoas que ele se relacionou durante o seu mandato e o teor das ligações levaria um ‘bando de amigos’ para o buraco.

O último relatório teria apontado ligações recebidas por Silval de “figurões” (palavras do Gaeco) da política de Mato Grosso, como dos irmãos Jaime e Júlio Campos, Gilmar Fabris,  Wellington Fagundes e Cidinho Santos.

Conforme o Gaeco, Silval recebeu dezenas de telefonemas em apoio quando ocorreu a prisão de sua mulher e ex-primeira dama do Estado, Roseli Barbosa. Após ter vazado estas informações, resta saber quem terá coragem de prestar solidariedade a família Barbosa, já que o ex-governador está detido deste quinta-feira (17).

Leia também:  Cidão ganha cargo na Secretaria de Receita
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.