Foto: Ale Vianna/Agência Eleven / Gazeta Press
Foto: Ale Vianna/Agência Eleven / Gazeta Press

Rogério Ceni explicou falha ao sair jogando com os pés no empate do São Paulo contra o Palmeiras por 1 a 1 no Campeonato Brasileiro. O erro do capitão tricolor deixou a bola nos pés de Robinho, que conseguiu encobrir o goleiro, que estava fora do gol.

“Acho que fiz uma escolha ruim, nosso time tenta sempre sair jogando, é uma característica nossa, que ele (Osorio) gosta, mas foi um equívoco na jogada em si. Um chutão para frente fugiria da característica da nossa equipe, mas talvez fosse a melhor escolha. A responsabilidade é sempre de quem escolhe, eu escolhi sair jogando, então, automaticamente, o erro maior foi meu”, falou Ceni, que atendeu à imprensa ao deixar o Morumbi duas horas e meia após o fim do jogo.

Leia também:  Meninas do vôlei vencem a primeira em Cuiabá

Perguntado antes, logo ao sair de campo, se não seria melhor simplificar na hora de sair coma bola, o goleiro negou. “Não, é nosso estilo de sair jogando, ficou apertado na minha perna esquerda, eu tentei já jogar para lateral. Não tinha mais opção para jogar, a bola amorteceu no pé dele (desvio de Alecsandro), perdemos a bola, demos azar. A bola voltou e gol deles. Quem está ali tem a chance de fazer o gol”, falou, à TV Globo.

O zagueiro Rodrigo Caio classificou o lance como uma “fatalidade” e disse que gostou da atuação da equipe contra o rival paulistano.

“É difícil, lutamos, batalhamos e infelizmente tomamos um gol na fatalidade, mas eu tenho muito orgulho desse time. Não vai jogar o que fizemos aqui por causa de um gol. É triste. Sabemos que o jogo estava na nossa mão. E em uma bobeira nossa tomamos o gol, mas tenho orgulho de jogar com esses caras porque hoje mostramos que esse time é forte para caramba”, analisou.

Leia também:  Jogador Edilson "capetinha" é preso por falta de pagamento de pensão

Com o empate em 1 a 1, o Palmeiras se mantém na quarta posição, dentro da zona de classificação da Copa Libertadores, agora com 45 pontos. Já o São Paulo cai uma posição e amarga o sexto lugar com 43 pontos ganhos. Na próxima rodada, o São Paulo recebe o Atlético-PR, sábado (3), às 21h (de Brasília), no Morumbi. Já o Palmeiras visita a Chapecoense, domingo (4), às 18h30, na Arena Condá, em Santa Catarina.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.