O sargento Reinaldo Rodrigues estava de folga no dia do crime - Foto: reprodução
O sargento Reinaldo Rodrigues estava de folga no dia do crime – Foto: reprodução

A polícia procura pelos suspeitos de participarem no assassinato do 3º sargento da Polícia Militar, Reinaldo Rodrigues de Souza, 44 anos, morto a tiros com a própria arma durante uma briga, no município de Juscimeira – MT (56 Km de Rondonópolis). (leia mais)

Um dos suspeitos de envolvimento no crime, Gilson Antônio da Silva, foi atingido por um disparo na mão durante a discussão. Ele foi preso e encaminhado para atendimento no Hospital Regional de Rondonópolis. De acordo com informações repassadas pela assessoria do Hospital, o rapaz passou por uma cirurgia e continua internado em estado consciente.

As informações apontam que os outros dois indivíduos que teriam se envolvido na briga são irmãos. Eles continuam foragidos e a Polícia Civil (PC) de Juscimeira, trabalha na investigação do caso.

Leia também:  Visita Armada | Morador é surpreendido por suspeitos que fogem com veículo na Vila Verde

SOBRE O CASO

O sargento estava de folga e participava da tradicional Festa da Pamonha, quando por volta das 2h30 deste domingo (20), se envolveu em uma briga. Um dos envolvidos conseguiu tomar o revólver calibre 38 do policial e disparou pelo menos 3 tiros contra ele. Um dos disparos atingiu a cabeça do sargento que foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Juscimeira, mas morreu minutos depois.

O corpo de Reinaldo está sendo velado no Cemitério Municipal de Vila Aurora em Rondonópolis, e deverá seguir em cortejo para sepultamento a partir das 15h no Cemitério de Vila Paulista.

O sargento residia com a família em Rondonópolis. Ele deixa uma esposa e um casal de filhos de 13 e 10 anos.

Leia também:  Idoso cai em emboscada, tem veículo roubado e é mantido como refém em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.