O vereador Thiago Silva (PMDB) lançou, no último sábado (19), no bairro Ananias Martins (na região do Alfredo de Castro), o projeto “Tocando em Frente” que oferece atividades de lazer e cultura para as crianças e adolescentes carentes. De acordo com o vereador, o projeto atenderá com aulas gratuitas de violão, teclado, teatro e cursos de qualificação profissional.

“A iniciativa começa atendendo a 100 crianças e adolescentes com idades de 8 a 16 anos. As aulas serão realizadas de segunda a sexta, nos períodos matutino e vespertino, na igreja Projeto no Deserto”, disse Thiago Silva.

Ele explica que o coordenador do projeto no bairro, será o produtor cultural Dheysiel Barbosa. “Logo que lançamos a proposta tivemos sucesso nas inscrições na região do Alfredo de Castro. Percebemos que muitos alunos não têm opção depois da aula na escola e isto era preocupante, pois agora a proposta vai trazer ocupação e formação a estas crianças e adolescentes”, avaliou.

Leia também:  Prefeita de Juara tem bens bloqueados pela Justiça

Conforme o vereador Thiago Silva, idealizador da ação, o projeto foi criado a partir da preocupação com a região do Alfredo de Castro, porque é uma localidade com número grande de crianças e não a nenhum local que desenvolva atividades no contra turno escolar. “As atividades do projeto ocuparão o tempo ocioso que estas crianças poderiam ter e de repente estarem nas ruas ou em qualquer outro lugar sem segurança ou formação”, ressaltou.

Para Thiago Silva, o grande desafio como homem público é levar oportunidade para que as crianças possam ter um futuro melhor, pois às vezes os seus pais não tem condições de pagar um curso de violão, mas com o apoio parlamentar, essa realidade pode mudar.

Leia também:  Ex-ministro Geddel Vieira Lima é preso após descoberta de malas com R$ 51 milhões

“Mudar a realidade de crianças e jovens vulneráveis. Essa é a missão do Projeto Tocando em Frente. O projeto desenvolverá ações de educação, cultura, capacitação profissional e orientação familiar, dentro dos princípios cristãos na construção da cidadania. Estamos planejando expandir a ideia para atender mais pessoas e buscar mais parcerias. Nos bairros, o trabalho é feito em parceria com associações de moradores e igrejas”, finalizou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.