Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um cão vira-lata de apenas três meses foi resgatado de uma casa em Porto União, no Norte catarinense, sem conseguir andar e cego de um olho. De acordo com a denúncia de vizinhos à Polícia Militar, o dono do filhote o atirava contra a parede. O homem, que já foi preso anteriormente por homicídio, não havia sido localizado ainda.
Segundo a PM, vizinhos ouviram o cachorro latindo muito, preso dentro de casa, e foram até a residência para ver o que tinha acontecido. A porta da casa foi aberta e o animal não conseguiu caminhar para o lado de fora, com marcas de batidas nas patas e pernas. Eles acionaram a Polícia Militar.
O filhote foi recolhido pela PM e levado para o quartel. Um veterinário realizou os primeiros exames e o cão foi medicado. De acordo com a polícia, o animal é muito dócil e carente, e foi acolhido por todos do quartel.
Ele seria levado para uma clínica veterinária, que fará um laudo sobre o estado do animal. Com os exames, a Polícia Militar vai encaminhar o caso para a Polícia Civil, que deve abrir um inquérito para apurar o crime de maus-tratos.

Leia também:  Venda irregular de sepulturas em cemitério de MG é investigado
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.