O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Rondonópolis (CDL) Neles Walter Ferreira de Farias participou na manhã de hoje (20) da reunião para discutir as alterações propostas pela administração municipal ao Rotativo Rondon, suspenso pelo prefeito Percival Muniz, no início do mês devido à reclamações da população. Participaram das discussões, vereadores, prefeito, vice, Sindicato do Comércio Varejista, Acir e Uramb, além do Rotativo Rondon.

Neles afirmou que as propostas de alterações sugeridas pelo prefeito são boas e beneficiam comerciantes e comerciários. As principais reclamações que eram preço e tempo de permanência na vaga, foram revistas. A proposta apresentada é do preço ser de R$ 2,00 a hora para carros e R$ 1,00 para motos e permanência de até 3 horas nas vagas das avenidas mais movimentadas (Marechal Rondon, Amazonas, Cuiabá e Bandeirantes) e de 5 horas nas menos movimentadas.

Leia também:  Prefeitura lança processo seletivo para docentes com 67 vagas

O prefeito também anunciou a liberação da quadra da rua 13 de Maio entre a Marechal Dutra e Cuiabá para estacionamento das motos, o que beneficia os comerciários que trabalham na região central e que não tinham onde estacionar devido a rotatividade e preços cobrados pelos estacionamentos particulares. A proposta é que neste local haja inclusive cobertura para as motos. A estimativa é que no trecho possam ser estacionadas 250 motos. Outro ponto liberado foi a quadra em frente à Unic na rua Arnaldo Estevan.

A prefeitura também descarta, temporariamente, qualquer expansão. A hora fracionada deverá permanecer, com devolução do que não foi usado no cartão via aplicativo ou cartão. E o prefeito informou que pedirá à empresa prestação de contas públicas, com contratação de uma auditoria para informar quanto ganha e quanto investe na cidade, em geração de empregos, investimento em tecnologia e equipamentos.

Leia também:  Casa do Adolescente passa por dificuldades e faz campanha em busca de doações

“Entendemos que as sugestões são boas e contemplam as reivindicações apresentadas à CDL pelos comerciantes e comerciários”, ressaltou Neles.

A decisão final das alterações deve ser anunciada nos próximos dias depois de finalizadas as discussões com o Rotativo Rondon, empresa que ganhou a concessão do estacionamento na região central da cidade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.