Foto: Internet
O problema foi ocasionado por rompimento com cabos de fibra óptica Foto: Internet

Em reunião realizada no Procon Estadual, nesta quinta-feira (28), representantes da Claro, NET e Embratel se comprometeram a ressarcir os consumidores prejudicados pela ausência de sinal de telefonia móvel e internet, ocorrida entre terça e quarta-feira (27 e 28/10), em todo o Estado.

Conforme a assessoria jurídica das empresas, o problema foi ocasionado pelo rompimento de cabos de fibra óptica na rota de conexão entre Mato Grosso e o restante do país e equipes técnicas das operadoras trabalharam para solucionar o problema o mais rápido possível, mobilizando todos os recursos disponíveis para recompor a rede.

Durante a reunião, as empresas informaram que providenciarão de forma automática o abatimento/compensação proporcional nas faturas dos clientes prejudicados, que ficaram sem conseguir fazer ligações ou acessar a internet. “O usuário dessas operadoras precisa conferir atentamente a próxima fatura. Se não tiver o abatimento nas contas de telefonia móvel ou de internet, o consumidor deve registrar a reclamação na plataforma www.consumidor.gov.br ou procurar o Procon”, alerta a superintendente do Procon Estadual, Gisela Simona Viana.

Leia também:  Fórum critica projeto de lei nocivo à população e ao meio ambiente

Atendimento no Procon

O Procon-MT atende em sua sede estadual na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (do CPA), nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, de segunda a sexta-feira, das 08h às 18h. Para registro de reclamações, audiências, consulta de processos e protocolo de documentos, o consumidor pode procurar a sede do Procon-MT, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 17h30.

No Posto no Ganha Tempo, o atendimento ao público é de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 18h30, e aos sábados, das 07h30 às 12h. No Posto na Assembleia Legislativa, o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 151 ou 3613-8500.

Leia também:  Seduc apresenta proposta para a realização dos jogos regionais estudantis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.