O senador republicano Blairo Maggi, adiou mais uma vez a já tão propalada mudança de partido. Agora segundo o próprio senador, ele foi aconselhado por seus advogados a esperar até 2018 para fazer a troca do PR pelo PMDB.

No novo aconselhando os juristas afirmam que mesmo o Supremo Tribunal Federal (STF) tendo julgado legal a mudança de partido sem a perda de mandato, a melhor decisão é esperar até o último momento para fazer a mudança.

A troca de partido de Blairo já teria movimentado os bastidores das eleições de 2016 antes mesmo dela efetivamente acontecer, já que Blairo entrou em rota de colisão com Bezerra por exemplo em duas das maiores cidades de Mato Grosso, Cuiabá e Rondonópolis.

Leia também:  Longe da política; Verinha termina mestrado

Em Cuiabá, mesmo contrariando o presidente regional do seu ex-futuro partido, Blairo disse que apoiaria Mauro Mendes a reeleição e Bezerra tem outras pretensões, já em Rondonópolis a divergência continua, pois os dois, Bezerra e Blairo, ainda não se entenderam quanto a quem será o candidato do PMDB caso o republicano migre realmente para o “Manda Brasa”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.