Comercio interditado pela policia - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Comercio interditado – Foto : Messias Filho / AGORA MT

Dois estabelecimentos foram fechados na noite desta sexta-feira (16) durante uma operação da Polícia Militar, Vigilância Sanitária e a Prefeitura de Rondonópolis. Os locais, segundo constam no Boletim de Ocorrência (BO), estariam associadas as práticas de prostituição. Seis mulheres que gerenciavam os comércios foram detidas e conduzidas a 1ª Delegacia de Polícia.

Durante a fiscalização, segundo a Polícia, foram encontrados vários indícios de prática de prostituição nos dois endereços, localizados na avenida Rui Barbosa, região central da cidade. Assim que as guarnições chegaram nos estabelecimentos denunciados, foram encontradas várias garotas acompanhadas de diversos homens. A Vigilância Sanitária também encontrou camas e colchões em estados precários e várias embalagens de preservativos usadas e outras ainda lacradas, além de diversas caixas estocadas embaixo dos balcões de atendimento.

Leia também:  PSDB confirma convite de Pátio, mas ainda não fecha acordo

Ainda foram encontrados cadernos e agendas com registro de entrada e saída de dinheiro, e o controle de dívidas das garotas com a proprietária das casas comerciais. Ainda conforme o BO, um cliente de um dos pontos disse que o custo do programa era de R$ 100.

Segundo a PM, as garotas que estavam no local, são em sua maioria de outras cidades, inclusive, de outros estados e estavam na cidade para uma temporada de quatro dias, comprovando o rodízio para ‘oxigenar’ a ação criminosa.

Seis mulheres foram detidas, já a dona de um dos estabelecimentos comerciais ainda não havia sido localizada pela Polícia.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.