Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Estudantes da rede pública que integram o projeto Rede Cidadã conquistaram 22 medalhas durante o campeonato estadual de taekwondo, realizado no município de Sinop (a 500 km de Cuiabá). Foram 12 medalhas de ouro, oito pratas e duas de bronze. Ao todo, 16 atletas das categorias mirim (7 a 8 anos), Infantil (9 a 11 anos), cadete (12 a 14 anos) e juvenil (14 a 17 anos) participaram do campeonato, que contou com a participação de outras nove associações.

O taekwondo do Rede Cidadã já ganhou 13 troféus por equipe, sendo ouro, prata e bronze. Cerca de 140 alunos fazem aulas no projeto duas vezes por semana. Para o professor da modalidade, subtenente PM Emilton Jorge da Silva, mais do que vencer dentro do tatame, as crianças e adolescentes são campeões na vida. “Nós competimos, mas o nosso foco é a mudança de comportamento, mudança de atitude. Aqui eles têm a inserção social e a oportunidade de sonhar. Eles estão em um grupo que amplia os horizontes e proporciona novas possibilidades. O esporte trabalha concentração, disciplina, respeito ao outro, seja ganhando ou perdendo”.

Leia também:  Judoca brasileira vence adversária com 11 segundos e se torna a bicampeã mundial
Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Um dos competidores e aluno do Rede Cidadã, João Marcelo Brasil da Silva, de 17 anos, pratica o esporte há quatro anos e já participou de vários campeonatos no estado, contabilizando 13 medalhas de ouro, uma prata e uma bronze. No campeonato em Sinop, que aconteceu nos dias 25 e 26 de setembro, o atleta ficou com o ouro na categoria juvenil.

Para ele, melhor que ser vencedor nas competições e ganhar medalhas é ter oportunidade de praticar o esporte. “O esporte mudou minha vida. Aqui eu aprendo diariamente a ter atitude diante da vida. Somos aconselhados a não ir pelo caminho do mal. Gosto muito de fazer parte deste projeto”, enfatizou.

Leia também:  Atleta rondonopolitana é ouro no salto em altura

Já Adrielly Fernanda Neves da Silva, de 14 anos, disse que pratica o esporte há quatro anos e nunca pretende parar. A atleta competiu na categoria cadete e ganhou a medalha de prata. “Desde que comecei no taekwondo ele me ensinou a ter confiança e autoestima. Já fui campeã outras vezes. Tenho 10 medalhas de ouro, seis de pratas e uma de bronze”.

Outra atleta do projeto, Mikaela Maria dos Santos Muniz, de 13 anos, garantiu a medalha de ouro na categoria cadete. “O esporte me ensina a ter responsabilidade e respeito ao próximo. Gosto muito de estar aqui”, disse a adolescente, ressaltando que tem sete medalhas de ouro e três de prata, todas conquistadas dentro do esporte.

Leia também:  Copa Federação pode ter jogos às segundas

Rede Cidadã

O projeto Rede Cidadã é ligado à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e oferece a crianças e adolescentes atividades esportivas e culturais. As famílias destes atletas ainda contam com o apoio de assistentes sociais e psicólogos. A sede está situada no bairro Planalto, em Cuiabá. Outras atividades do Rede Cidadã também estão são desenvolvidas nas bases comunitárias dos bairros Araés, Osmar Cabral, Pedregal, Pedra 90, São João Del Rey e Ribeirão do Lipa.

Os jovens atendidos são encaminhados pelo Conselho Tutelar, Delegacia Especializada dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), Delegacia Especializado do Adolescente (Dea), escolas estaduais, entre outros órgãos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.