Segundo uma fonte da Coluna Bastidores um grupo político que vem se formando nos últimos meses, com várias correntes partidárias, anda pressionando o deputado federal Adilton Sachetti (PSB) para entrar na disputa pela Prefeitura de Rondonópolis em 2016.

Sachetti tem confidenciado à amigos que não deseja disputar as eleições em 2016, aos seus assessores, a determinação do parlamentar é que não acendam, mesmo que informalmente, nenhuma centelha de possibilidade de sua entrada na disputa, mas apesar de sua determinação, ao que parece o grupo político não dará tréguas ao ex-prefeito.

Segundo a mesma fonte, existe o entendimento do grupo que ter Adilton como candidato, seria manter o crescimento da cidade, mas aplicando o estilo do parlamentar, de administrador duro em certas questões políticas e austero com os gastos públicos.

Leia também:  Sicredi pode ter a conta da Prefeitura

A fonte revelou ainda que o grupo não deseja que o poder volte as mãos do ex-prefeito José Carlos do Pátio (SD) e muito menos continue com Percival Muniz (PPS), e não vislumbra apoiar nenhum dos dois em 2016, mesmo com a negativa de Adilton.

Resta saber se Adilton irá continuar a resistir as investidas, se Pátio com seu estilo popular não irá crescer nas intenções de votos e Percival, mantém o ritmo de crescimento nas pesquisas internas e terá fôlego de sobra para tentar a reeleição.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.