Foto divulgada pela polícia do Estado de Austrália Ocidental
Foto divulgada pela polícia do Estado de Austrália Ocidental

Um homem de 62 anos sobreviveu sem água e perdido durante seis dias em um deserto remoto do oeste da Austrália se alimentando apenas de formigas, informou nesta terça-feira (13) a imprensa local.

Na quarta-feira passada, Reginald George Foggerdy saiu para caçar junto com seu irmão em uma área desértica a cerca de 170 quilômetros da cidade de Laverton, no interior do Estado da Austrália Ocidental.

Ao notar sua ausência e após a esperar sem sucesso por seu retorno, o irmão alertou a polícia.

Após dias de busca por terra e ar na região, as autoridades encontraram rastros do caçador o seguiram por aproximadamente 15 quilômetros até o encontrarem.

O homem estava “extremamente desidratado e sofrendo um pouco de delírio. Ele não bebeu água durante seis dias, o que fez foi ficar deitado em baixo de uma árvore, se alimentando de formigas”, afirmou Andy Greatwood, porta-voz da polícia, à emissora local “ABC”.

Leia também:  Furacão Maria mata 9 pessoas no Caribe e chega causando muita destruição em Porto Rico

A esposa do caçador, Arlyn, considerou sua sobrevivência “um milagre” e disse que seu marido se recupera bem, que já pode se sentar e conversar.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.