Hospital Regional - Foto: Divulgação
Hospital Regional – Foto: Divulgação

Os Hospitais Metropolitano e Regional de Sinop estão normalizando os atendimentos dos procedimentos eletivos. Os repasses às empresas que prestam serviços médicos nos hospitais foram regularizados até o mês de agosto e com isso os profissionais voltaram a atender. A previsão é de que os valores referentes ao mês de setembro sejam quitados até o fim do mês de outubro.

Os atendimentos pediátricos no Hospital Regional de Sinop foram retomados nesta sexta-feira (23) pela manhã. Até quinta-feira (22) estavam sendo atendidos somente casos de urgência e emergência, e também os pacientes internados na ala pediátrica do hospital.

Já no Hospital Metropolitano, os atendimentos voltam à normalidade no fim de semana, já que a administração da unidade encaminhou documento à Central de Regulação de Cuiabá informando que poderá receber pacientes. A diretora da unidade, Inês de Souza Leite, explicou que só não retomou à normalidade dos atendimentos nesta sexta-feira (23) pois a hospital está passando por um processo de desinfecção, mas afirmou que a partir de segunda-feira (26) tudo será normalizado.

Leia também:  Rondonópolis conta com mais de 10 mil inscrições no ENEM

“A partir de segunda-feira serão realizadas as cirurgias nos pacientes que estão internados na unidade, e também começam a ser reagendadas as cirurgias que haviam sido suspensas. A nossa equipe técnica entrará em contato com os pacientes informando a nova data das cirurgias”, explicou Inês. Sobre os pagamentos, ela informou que todos estão sendo regularizados e que no caso dos fornecedores que ainda não receberam devido a pendências de certidão, a equipe do Hospital entrará em contato para que seja regularizada a situação.

O secretário de Estado de Saúde, Eduardo Bermudez, ressaltou que o Estado começa a colher os frutos do trabalho e esforço conjunto que vem sendo feito pelas Secretarias de Saúde, de Fazenda, de Planejamento, de Gestão e do Gabinete de Assuntos Estratégicos.”Estamos realizado um esforço herculeo para que todas as pendências sejam sanadas e possamos restabelecer o atendimento a população. Ainda temos problemas a serem sanados, mas este é um sinal de que estamos no caminho certo”, concluiu.

Leia também:  Captação de leite registra queda de 10,3% em MT

Em relação aos dois outros hospitais, Hospitais Regionais de Colíder e Alta Floresta, que ainda estão com o serviços paralisados, os pagamentos dos débitos já foram iniciados e a equipe técnica trabalha com a perspectiva de finalizá-los ainda em outubro. De acordo com o diretor do Hospital Regional de Alta Floresta, José Marcos, a expectativa é de que os serviço volte a normalidade no fim da próxima semana. Colíder ainda não há previsão.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.