O presidente eleito da Primeira Liga, entidade que reúne clubes dos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, é o ex-presidente do Clube Atlético Mineiro, Alexandre Kalil. Em entrevista à Folha de São Paulo ele disse que a criação da Liga é para recuperar o tempo perdido nos últimos 25 anos.

De acordo com Kalil todos esperavam que a Copa do Mundo no Brasil fosse salvar o futebol tupiniquim, mas o que aconteceu foi um tiro no peito dos clubes, “Alguém achou que a Copa ia salvar o futebol, não foi uma Copa foi uma tragédia. Você tem um monte de estádio construído e ninguém está preso. Tem estádio em Cuiabá e ninguém está preso”, disse.

Leia também:  A procura de um habitat
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.