Foto Reprodução
Foto Reprodução

Um homem que alegou ter sido estuprado pela namorada em sua própria casa entrou na justiça contra ela mas perdeu a causa.

O homem de 49 anos, identificado apenas como Thomas, disse a um tribunal alemão que acordou durante uma noite de sono no sofá de seu apartamento e notou que estava tendo relação íntima com sua namorada, identificada como Cecelia, uma mãe solteira de 39 anos.

Ele contou que tinha um sonho quente e agradável e quando acordou se deparou com a namorada em cima dele.

Com o susto, o homem jogou a mulher no chão, o que causou alguns graves hematomas nela.

Homem de 49 anos processou a namorada por estuprado ele enquanto o rapaz dormia. Ele alega que ela é maníaca.

Leia também:  Pílula anti-HIV pode ser usada por adolescentes, afirma cientistas

O juiz do caso, Leberecht Staupe, expressou sua surpresa com o fato dizendo que nunca vira algo parecido.

Thomas disse que a namorada é uma maníaca e que faz tudo para conseguir o que quer.

Cecelia, que se escondeu por grande parte do processo atrás de uma pasta de arquivo, argumentou que seu parceiro não estava dormindo no momento do ato íntimo e argumentou que Thomas gostava de ser surpreendido.

O juiz rejeitou a denúncia Thomas dizendo que se ele estava em um sonho agradável é sinal de que gostou da relação.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.