Janaína Araújo Castelhano - Foto: assessoria
Janaína Araújo Castelhano – Foto: assessoria

Nesta segunda-feira (5), o Departamento de Vigilância Sanitária de Rondonópolis fiscalizou uma panificadora do Jardim Copacabana e autuou o estabelecimento por não possuir telas de proteção em todas as aberturas externas, propiciando o acesso de insetos na área de manipulação dos alimentos.

O caso foi denunciado por uma consumidora que teria comprado um salgado assado na padaria e constatado a presença de larvas de mosquito no recheio. A consumidora e uma amiga fizeram um vídeo do suposto ocorrido e compartilharam nas redes sociais, chegando ao conhecimento de Janaína Araújo Castelhano, gerente da divisão de Vigilância Sanitária Municipal.

De acordo com Janaína Araújo, o estabelecimento havia trocado de proprietário e não estava regularizado com as normas da Vigilância. “A padaria havia recebido licença sanitária no ano passado, mas o proprietário vendeu o estabelecimento e o novo dono não seguiu as normas de qualidade”, explica.

Leia também:  Placas com final zero tem até dia 30 para quitar IPVA sem juros e multas

Ainda segundo a gerente de departamento, todos os estabelecimentos comerciais que trabalham com alimentos devem comparecer a Vigilância Sanitária para realizar uma atualização de cadastro e ‘dar baixa’ em possíveis débitos com o departamento antes de iniciar os trabalhos.

O proprietário autuado dispõe de 15 dias para apresentar uma defesa para que a mesma seja analisada no processo administrativo. Se for confirmada a infração, o estabelecimento será multado.

O Departamento de Vigilância Sanitária realiza inspeções regulares pelos mais de 10 mil pontos comerciais distribuídos pela cidade, mas o consumidor também pode realizar uma denúncia anônima ligando para o atendimento da Vigilância Sanitária: 3410-0223.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.