Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O destino do meia italiano Pirlo não será o Palmeiras, ao menos de acordo com o presidente do clube, Paulo Nobre. Em entrevista no último domingo (11), o mandatário alviverde garantiu que o veterano de 36 anos, atualmente atuando pelo New York City-EUA, foi descartado – juntamente com outros grandes nomes do futebol mundial – devido aos altos valores envolvidos.

“As pessoas que cuidam da carreira do Pirlo, do Drogba (atacante marfinense) e do Eto’o (atacante camaronês) procuraram o Palmeiras sobre um eventual interesse, uma vez que acabavam seus contratos. Mas os salários são proibitivos, sem a menor possibilidade de viabilizar uma contratação dessas. Até agora, nada que chegou foi consistente para levar uma conversa à frente”, disse, em entrevista à “TV Gazeta”

Leia também:  Mato-grossenses jogam pelo brasileiro neste final de semana

Nobre também revelou como será o plano do Verdão para 2016: contratações pontuais e manter a base do elenco que, nesta temporada, briga por uma vaga no G-4 do Brasileirão e pelo título da Copa do Brasil. “Muitos empresários soltam que o Palmeiras pode contratar um ou outro, e escuto cada uma… Mas não crio expectativa errada. O grupo está formado e o fortificaremos com contratações pontuais. Estamos planejando isso desde já”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.