Foto: assessoria
Foto: assessoria

O presidente do poder legislativo municipal, vereador Lourisvaldo Manoel de Oliveira – Fulô (PMDB), se reuniu com o Conselho de Leigos da Diocese na manhã desta quinta-feira (1), na Câmara Municipal e se comprometeu em responder até esta sexta-feira (9), às indagações e questionamentos apresentados na ‘Carta Primavera’, um documento público produzido por representantes do Conselho e Sociedade Organizada local.

As entidades se mobilizaram e se reuniram na sede da Diocese no começo da semana, para debater e discutir a polêmica levantada sobre a reedição da lei que criou a Verba Indenizatória para os vereadores do legislativo municipal.

Fulô também se comprometeu em reunir com os demais Vereadores da Casa, Controle Interno e Procuradoria, e se preciso, até consultar o Tribunal de Contas do Estado.

Leia também:  Com a liberação de empenho, obras do Residencial Neuma de Moraes devem ser retomadas

O objetivo é buscar orientações de como proceder legalmente e dar mais transparência à utilização e prestação de contas da Verba Indenizatória que existe em basicamente todos os poderes públicos constituídos, sanando toda e qualquer dúvida existente sobre essa questão, tornando o mais transparente possível as ações parlamentares legislativas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.