O sargento Reinaldo Rodrigues estava de folga no dia do crime - Foto: reprodução
O sargento Reinaldo Rodrigues foi morto após uma confusão na ‘Festa da Pamonha’ – Foto: reprodução

A Polícia Civil indiciou quatro homens na conclusão do inquérito sobre a morte do sargento da PM, Reinaldo Rodrigues de Souza, 44 anos, ocasionada após uma briga durante a ‘Festa Pamonha’, no dia 20 de agosto, em Juscimeira. De acordo com delegado responsável pelas investigações, Marcelo Melo de Laet, a morte do militar foi motivada por um desentendimento entre os acusados. Ainda não se sabe o motivo do desentendimento. Os nomes dos suspeitos não foram divulgados.

Segundo a Polícia, dois dos suspeitos estão presos desde a data do crime, sendo que um deles é apontado com o autor dos disparos. O outro foi preso suspeito de acobertar a fuga do atirador. Já os outros dois suspeitos estão foragidos e por isso, não tiveram os nomes revelados, eles também estariam envolvidos na confusão e estão sendo procurados pela região.

Leia também:  Vítima de sequestro é obrigada a dirigir para assaltante

O laudo da perícia ainda vai confirmar se os três disparos efetuados contra o PM foram da arma do próprio sargento.

O inquérito foi enviado ao Ministério Público Estado (MPE), para analisar a investigação e decidir se vai denunciar ou não os envolvidos.

O crime

Segundo testemunhas, o sargento estava de folga e participava da tradicional Festa da Pamonha. Por volta das 2h30, iniciou uma confusão com outros dois homens, momento em que os envolvidos conseguiram mobilizar o sargento e conseguiram tomar a arma do Policial, que segurava o revólver em uma das mãos. Na sequência, um dos acusados, disparou três vezes contra o militar.

 Um dos disparos atingiu a cabeça do sargento que foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Juscimeira, mas morreu minutos depois.

Leia também:  Criança de 4 anos diz ter sido abusada na casa do pai por "mulher que dava bolachas"
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.