Reprodução: Redes Sociais
Reprodução: Redes Sociais

Hunter Gandee, um adolescente com apenas 15 anos, e cujo irmão de 8 anos é portador de paralisia cerebral, carregou o irmão nas suas costas cerca de 90 km numa luta pública contra a paralisia cerebral, que decorreu. A iniciativa, que decorreu em Michigan, teve como objectivo de mostrar às pessoas as limitações que os portadores desta doença enfrentam.

Pelo que a mãe afirmou à imprensa, “Hunter sempre foi muito solidário e amigo do irmão, ainda mais quando soubemos que ele era portador desta doença.. eles criaram uma ligação muito forte. E é por essa razão que Hunter decidiu embarcar neste desafio, visto que nunca se mostrou indiferente ao estado do irmão, uma vez que tanto eu como ele tivemos que nos unir a Braden para ajudá-lo perante todas as suas limitações”.

Leia também:  Japonesa perde título de princesa após anunciar noivado com plebeu

Segundo a imprensa americana, Hunter carregou o irmão às costas durante 91 Km numa avenida no Michigan, num desafio que durou cerca de 5 dias. A ideia era demonstrar a todas as pessoas que passavam pela rua as limitações físicas e mentais que os doentes e as famílias dos portadores desta doença enfrentam diariamente, incluindo as suas dificuldades.

Umas horas após o desafio, Hunter publicou na sua página de Facebook: “Muito mais do que dolorido, muito mais do que cansado, muito mais do que agradecido, muito mais do que abençoado, afinal, ele é meu irmão”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.