Elias Fereira dos Santos acusado de tentativa de estelionato.Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Elias Ferreira dos Santos – Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

Os investigadores da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis fizeram a prisão de Elias Ferreira dos Santos, 55 anos, em flagrante durante uma tentativa de estelionato. O caso já vinha sendo investigado, mas foi na tarde desta sexta-feira (16) que a Polícia conseguiu pegar Elias que com características de pessoas simples conseguia facilmente aplicar golpes em bancos e lojas de Rondonópolis e região.

Uma das vítimas desconfiou do golpe após descobrir que estava sendo descontado de sua conta bancária R$ 830 mensais. Ele procurou a empresa que cedeu o empréstimo e viu que os dados eram seus, mas que a foto não correspondia com a sua imagem. Então ele procurou a Polícia e denunciou o caso.

Leia também:  Cerca de 44,5 mil maços de cigarros é apreendido no Distrito Industrial

Para a Polícia Civil, Elias é um ‘laranja’ usado por uma quadrilha para conseguir dinheiro fácil. O bando aproveita as pessoas que perdem os documentos para fazer a falsificação. Os dados são das vítimas, mas a foto era de Elias.

A Polícia já identificou três vítimas, sendo elas Gilberto Gomes Antonangelo, Dionísio de Souza Filho e Antônio Morais. No 1º caso registrado Elias conseguiu fazer um empréstimo e sacar o valor de R$ 30 mil. Ele fez a solicitação em um banco de outra cidade e sacou o dinheiro em Rondonópolis.

Em uma outra ocasião, ele usou o nome de uma das vítimas para pegar R$ 20 mil. Como já havia aplicado o golpe nesta mesma loja de móveis em Rondonópolis, onde foi preso hoje, os donos desconfiaram e chamaram a Polícia. Elias tentava sacar mais R$ 35 mil.

Leia também:  Carro roubado em Rondonópolis é recuperado pela PJC em Primavera do Leste

De acordo com a Polícia, Elias confessou que ficava com 10% do valor dos golpes. O acusado não tem passagens pela Justiça e para a reportagem ele negou que faça parte de uma quadrilha, apesar de ter dito que havia caído em uma ‘cilada’.

Elias responderá pela tentativa de estelionato e pelos crimes de estelionato que foram concretizados, além de ter que responder também por falsificação de documentos. A Polícia segue com investigação para chegar até os outros membros da quadrilha.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.