Foto:  Nivaldo Alves
Foto: Nivaldo Alves

As equipes que representavam as cidades de Cuiabá, Lucas do Rio Verde e Sinop se consagraram campeãs da 1ª edição do Campeonato Mato-grossense Master e Pré-mirim de Voleibol de Quadra, nos naipes masculino e feminino, promovido pela Federação Mato-grossense de Vôlei (FMTV), realizado no feriadão, de 10 a 12 de outubro, nos ginásios José Carlos Pasa e Benedito Santiago, em Sinop (480 km da capital). Ao todo sete municípios participaram da disputa.

AABB-Sinop venceu a final, na categoria pré-mirim masculino, contra AMS-Várzea Grande com placar de três sets a zero e parciais de 25/21, 25/21 e 25/16. Título tomado de forma invicta com quatro vitórias e todas sem perder nenhum set. Na fase classificatória, os anfitriões venceram Sorriso (25/13, 25/22 e 25/19), Nova Mutum (25/11, 25/09 e 25/13) e Várzea Grande (25/21, 25/23 e 25/11). Se classificaram em 1º para a final, na qual obtiveram nova vitória contra VG.

Leia também:  Luverdense perde do Inter com gol polêmico no final

CCJ-Cuiabá ganhou a final, na categoria pré-mirim feminino, versus Colégio Visão de Colíder com placar de três sets a zero e parciais de 28/26, 25/19 e 25/17. A equipe do Colégio Coração de Jesus também conquistou o título de forma invicta e sem perder sets. Na fase classificatória, conseguiram duas vitórias, uma contra Sorriso (25/18, 25/10 e 25/13) e outra Colíder (25/19, 30/28 e 25/18). Se classificaram em 1º e venceram a final em novo embate com o Colégio Visão.

O Vida Nova de Lucas do Rio Verde levou a medalha de ouro, na categoria master feminino, após embates em oposição a AABB-Sinop. Nessa categoria apenas dois times se inscreveram, então jogaram no sistema “melhor de três”. Em que Vida Nova levou o título ao vencer os dois primeiros jogos por três sets a zero. Com parciais de 25/14, 26/24 e 25/19 no primeiro desafio e 25/20, 25/12 e 25/18 no segundo. A master é para atletas com mais de 35 anos.

Leia também:  Adversário do União aposta em retrospecto do Mineiro, no Pato Loco e em ex-meia do Santos

De acordo com o presidente da Federação Mato-grossense de Voleibol (FMTV), Nicanor Lopes dos Reis Filho, além do sucesso na realização da 1ª edição do Mato-grossense Master e Pré-mirim, o evento também serviu de teste para a implantação de um sistema de gestão eletrônica de campeonatos. Tal método que permitiu acompanhar, pela 1ª vez, em tempo real os placares e a evolução da competição. Segundo ele, o sistema ainda gera diversos outros benefícios.

“A informatização dinamiza a organização dos nossos campeonatos. Lhes dá clareza, agilidade, acesso para equipes e ainda faz a união dos sistemas de registro, arbitragem e técnica. Também permite que por meio dos balanços estatísticos façamos análises de desempenho visando um processo de melhoria contínua. Nesse primeiro teste tudo ocorreu bem, mas ajustes ainda vão ocorrer nas próximas competições”, avalia o presidente, Nicanor Lopes Filho.

Leia também:  União volta a jogar sábado pelo Sub-19

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.