Funcionários foram até a Câmara para protestar - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Funcionários foram até a Câmara para protestar – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Os funcionários do Rotativo Rondon se reuniram na tarde desta quarta-feira (7), na Câmara Municipal para manifestar contra a suspensão do estacionamento rotativo. A maioria dos vereadores saíram em defesa do Rotativo e cobraram a volta do serviço no centro da cidade.

Foto: assessoria
Foto: assessoria

O vereador Mauro Campos (PT), que é a favor do Rotativo, acredita que a decisão do prefeito de suspender é apenas provisória e que ninguém ficará sem emprego. “Creio que foi suspenso apenas para fazer adaptações, mesmo porque a multa que deve ser paga pelo cancelamento de contrato será bem pior e saíra do bolso de todos nós”, afirma.

Adonias na tribuna

Segundo o parlamentar Adonias Fernandes (PMDB) acabar com o Rotativo é retroagir. “Temos que ser a favor do desenvolvimento, sabemos que faltou informação e é necessário mudanças em alguns quesitos, como no valor cobrado, por exemplo, mas são coisas que podem ser adequadas”, diz.

Leia também:  Projeto prevê isenção para estacionamento em área Zona Azul

Reginaldo Santos na tribuna

Para o vereador Reginaldo Santos (PPS) o estacionamento Rotativo é um mal necessário e que quando lá atrás foi discutido sobre a implantação do sistema toda a sociedade foi convocada a participar do debate e ficou definido que o Rotativo era necessário, assim como os radares, lombadas, semáforos e o pátio.

“Cerca de 65% das vagas de estacionamento no centro da cidade são ocupadas pelos empresários e funcionários, sei que existem problemas no Rotativo, mas são ajustes que podem ser feitos. O Rotativo representa a modernização que cabe a cidade que cresce a cada dia”, afirma Reginaldo.

Fulô durante a fala na Tribuna - Foto: AGORA MT
Fulô durante a fala na Tribuna – Foto: AGORA MT

O presidente da Câmara Municipal, vereador Lourisvaldo Manoel (Fulô – PMDB) reforçou as palavras de Reginaldo dizendo que o assunto sobre o estacionamento rotativo foi discutido com toda a sociedade, inclusive com as entidades que representam o comércio.

Leia também:  Projeto de Zaeli que oferece certidão online ao cidadão é sancionado pelo prefeito

“A cidade está crescendo, é preciso acompanhar, o estacionamento é uma necessidade. Todas as entidades participaram das discussões e concordaram com a implantação. Veja quantos empregos que o Rotativo está gerando na cidade chega a 180 pessoas, pra mim, nesse período de crise, é o maior lucro que a empresa pode dar a uma cidade”, declara Fulô.

NOVO DEBATE

O vereador Reginaldo Santos entregou essa semana um requerimento à Câmara Municipal para que na próxima terça-feira (13), o Rotativo Rondon, seja discutido em uma audiência pública.  “Vamos convidar mais uma vez a sociedade para falar sobre o Rotativo. Quem for contra que aponte uma saída para o problema e quem for a favor que fale sobre os ajustes necessários”, explicou Reginaldo.

Leia também:  Sergio Moro determina bloqueio de mais de R$600 mil em conta de Lula

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.