A demanda externa tem crescido fortemente pelo milho brasileiro, e esse é um dos fatores de sustentação do preço interno. Durante o 3° trimestre de 2015, o total exportado pelo país chegou a 7,02 milhões, volume 22,44% maior que o do mesmo período de 2014. As informações são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Segundo a Williams Shipping, uma das empresas que coletam os dados diários de navios embarcados no Brasil, o volume exportado pelo país também no 3° trimestre de 2015 foi de 11,35 milhões de toneladas, no mesmo período em 2014, o montante chegou a 6,08 milhões de toneladas.

Há um certo tempo, o Imea vem relatando o ganho de competitividade que o milho brasileiro vem tendo nos últimos meses em decorrência da desvalorização do câmbio e que esse ganho acabaria resultando em aumentos nos volumes embarcados de cereal já nesta safra.

Advertisements
Leia também:  Exportações do setor agropecuário crescem mais de 150% em um ano

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.