Um homem identificado como Márcio Mendes Barboza foi condenado, na última quinta-feira (12) a 15 anos de prisão, em regime fechado, pelo assassinato da companheira Ludimila Ferreira Petrosine. Márcio foi julgado pelo Tribunal do Júri da Comarca de Várzea Grande (MT).

O crime ocorreu no dia 12 de outubro de 2014, por volta das 2h, no bairro Cohab Dom Bosco, em Várzea Grande. Segundo consta no processo, Márcio teria efetuado golpes de arma branca contra sua companheira, que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. A cena teria sido presenciado pela filha do casal, na época com seis anos, que foi encontrada horas depois ao lado do corpo da mãe.

Leia também:  Mantendo funcionários como reféns, dupla rouba R$ 5 mil de estabelecimento comercial em Rondonópolis

Conforme a decisão, Márcio Mendes Barboza foi condenado por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e emprego de recurso que tornou impossível a defesa da vítima e teve a pena aumentada em dois anos de reclusão por se tratar de violência contra a mulher.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.