Deputado estadual  e alunos - Foto: assessoria
Deputado estadual e alunos – Foto: assessoria

O deputado estadual recebeu nesta sexta-feira (27), alunos de 15 escolas da rede estadual de Rondonópolis, para uma reunião na Secretaria de Educação do Estado (Seduc), onde foram expostos os problemas das unidades educacionais que estão em situação precária no município.

Um dos principais problemas apontados pelos gestores e alunos das unidades foi em relação à troca de toda rede elétrica, que não suporta a instalação de ar-condicionado, além da falta de manutenção dos banheiros, janelas e telhado das escolas. Em agosto deste ano foi realizada uma reunião com a Seduc onde ficou garantida a reforma de 33 escolas, climatização de 100% das unidades do município e o término da construção de três novas unidades.

Leia também:  Recursos Federais | 80 milhões são anunciados para Rondonópolis
Zé Carlos do Pátio e alunos - Foto: assessoria
Zé Carlos do Pátio e alunos – Foto: assessoria

“Foi feita uma Audiência na Região Sul para discutir a situação das escolas, aumentamos o orçamento da educação, principalmente pra infraestrutura, e tivemos essa reunião hoje para saber o que avançou e o que foi melhorado. Porque não dá para melhorar a qualidade da educação com essa qualidade de estrutura que temos na rede estadual de ensino”, explicou o deputado Zé do Pátio que é membro da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa.

O deputado explicou os alunos vieram reivindicar pessoalmente as melhorias que foram prometidas pela Secretaria. “Falta ar condicionado, banheiros e cantinas estão deteriorados é uma situação muito crítica, ou melhoramos nossa rede de educação ou continuaremos o estado com o pior índice de educação da região centro oeste, e esses alunos estão aqui para lutar por isso”.

Leia também:  Prefeita de Juara tem bens bloqueados pela Justiça

O Secretário Adjunto de Política Educacional, Gilberto Fraga explicou que após a visita dos técnicos da pasta realmente foi constatada a situação das escolas. “A situação das escolas no município de Rondonópolis, são extremamente precárias, nós assumimos um compromisso de fazer uma identificação das necessidades e parte desses problemas já foram diagnosticados e agora estamos fazendo um planilhamento para a execução dos serviços”.

Fraga se comprometeu em receber os alunos em março de 2016 com os dados técnicos para apresentar a comunidade o cronograma de execução dos serviços. “Teremos que fazer tanto reformas como demolição de alguns lugares para a reconstrução. Outra etapa que estamos fazendo é que no ano de 2016 a maior parte dessas escolas já esteja passando por algum tipo de intervenção, seja de reforma ou de construção, e teremos um cronograma pra isso em março”.

Leia também:  Galli pode aderir ao PEN e mudar quadro do PSC em Rondonópolis

Vieram na comitiva dos alunos a Escola Carlos Pereira Barbosa, Escola José de Morais, Escola André Maggi, Escola Lucas Pacheco, Escola Maj. Otávio Pitaluga, Escola Domingos Aparecido dos Santos, Escola Estadual Maria Elza, CEJA Alfredo Marien e os representantes da Juventude Solidária.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.