Coletiva sobre a volta do rotativo rondon. Foto:Varlei Cordova/AGORAMT
Coletiva sobre a volta do rotativo rondon. Foto:Varlei Cordova/AGORAMT

Após 45 dias de suspensão do Rotativo Rondon, nesta quarta-feira o prefeito de Rondonópolis (MT) Percival Muniz (PPS), decretou a volta do Rotativo, prevista para próxima segunda-feira (16). Depois de ouvir sugestões da população e comerciantes, foi realizado algumas mudanças para atender a todos.

A informação foi passada em coletiva à imprensa no gabinete do Prefeito na presença do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Neles Walter Ferreira de Farias, José Luiz Gonçales Ferreira presidente da Associação Comercial Industrial e Empresarial (Acir), Fabrício Miguel Correa, procurador Geral do Município e do Secretário de Trânsito Argemiro José Ferreira.

O Prefeito disse que resolveu suspender o Rotativo, depois de 11 meses de funcionamento para analisar e ouvir as reclamações, tanto das pessoas que são a favor e contra os serviços de estacionamento.

Leia também:  Rondonópolis sedia 6º Encontro Nacional de Motociclismo

Dentre as mudanças para a volta do Rotativo Rondon, está a redução no preço, que passará a ser cobrado R$ 2,20 a hora, com 3h de tolerância para carros e para os motoqueiros será cobrado o valor de R$ 1.

Para atender aos funcionários e comerciantes, foram disponibilizadas 240 vagas para moto gratuitas na rua Major Otávio Pitaluga, que serão cobertas e contará com câmera de segurança. Porém, o local não terá controle das pessoas que estacionarem, pois de acordo com o presidente da Acir, os comerciantes sempre são a maioria que chega primeiro no centro para estacionar.

Já as vagas gratuitas para carro, será próximo da avenida Arnaldo Estevam, perto de uma universidade particular.

Leia também:  Morre avó de Miss Jakelyne Oliveira

Os 20 minutos de tolerância, vai permanecer, mas o consumidor terá que comprovar através do cartão ou do aplicativo.

QUALIDADE DA INTERNET 

Uma das grandes reclamações dos motoristas era a péssima qualidade da internet do Rotativo que não funcionava direito. O prefeito disse que ordenou a melhora em até 90 dias, sendo que se não obedecido o prazo, os serviços da empresa podem vim a ser suspensos novamente. A empresa relatou que investirá R$ 500 mil em fibra ótica, para melhorar a qualidade da internet.

ATENDIMENTO 

O atendimento dos funcionários do Rotativo Rondon era uma preocupação. “ Em conversa com o pessoal da empresa, foi pedido que eles tratassem com mais educação, pois se tiver reclamação e a população querer tirar os serviços, eu vou acatar e não irei temer que pagar a indenização pela quebra de contrato”, relatou o prefeito.

Leia também:  Sanear libera rede de esgoto da Vila Goulart para uso dos moradores

Percival ainda orientou os “verdinhos” para diminuir o número de multa e ter o bom senso.

Procurando a transparência nos serviços do Rotativo, foi firmado com a empresa, uma prestação de contas, que será disponibilizada mensalmente, onde irá constar os gastos, dívidas e ganho do Rotativo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.