Cinco homens encapuzados e armados invadiram uma residência particular e atiraram contra dois irmãos que estavam dormindo. As informações são de que o crime foi encomendado. Robson Pontes de Oliveira, de 27 anos morreu na hora, ele foi atingido com tiros na cabeça, disparados à queima-roupa. Já o irmão dele, V.P.P, de 22 anos segue hospitalizado em estado muito grave, com perfurações de bala na cabeça.

O crime aconteceu na madrugada desta quinta-feira (12), por volta das 3h, em um Condomínio localizado às margens da Rodovia Palmiro Paes de Barros, no Parque Georgia, região do Coxipó, em Cuiabá (215 Km de Rondonópolis).

De acordo com informações da polícia, os pistoleiros renderam o porteiro e fizeram ameaças de morte. Os cinco homens teriam invadido o condomínio, foram até a casa das vítimas, onde arrombaram a porta da frente e renderam os parentes dos irmãos, que tiveram que assistir às execuções deitados no chão sem poder levantar a cabeça.

Leia também:  Comércio é invadido e roubado no Conjunto São José

Segundo as primeiras investigações da Polícia, os dois irmãos já estavam sendo ameaçados de morte e  os mesmos homens já teriam tentado invadir o condomínio outras duas vezes a procura dos irmãos.

A polícia ainda desconhece os motivos do crime, mas não descarta um “acerto de contas”, uma “queima de arquivo” ou até mesmo uma vingança. O corpo de Robson foi liberado do local do crime para Instituto Médico Legal (IML) por investigadores da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), chefiados pela delegada titular Anaíde Barros. O caso está sendo investigado.

O outro rapaz baleado continua internado em estado grave no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC). Um dos tiros atingiu o meio do rosto de Robson.

Leia também:  Ibama tem caminhonete incendiada dentro da reserva
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.