A semeadura da safra 15/16 de soja apresentou boa evolução semanal, atingindo 38% em Mato Grosso (MT). A evolução foi 18,2 pontos percentual (p.p.) e mesmo com atraso anual de 2,5 p.p., o ritmo não chega a apresentar, grandes preocupações, uma vez que este atraso representa menos de 200 mil hectares.

De acordo com os economistas do instituto, o aumento das chuvas nos últimos dias, sobretudo na maioria das regiões onde o volume ainda era insatisfatório, supriu a necessidade, pelo menos para se realizar a semeadura, e auxiliou na recuperação de algumas áreas com plantas recém-emergidas que já sofriam com alguns dias secos e indicavam a possibilidade de ressemeadura.

Caso as previsões climáticas de bons volumes de chuvas para as próximas semanas se confirmem, o ritmo da semeadura deverá ser mais intenso. Com 3,5 milhões de hectares concluídos até outubro, o produtor tem necessidade de semear o mais rápido possível para garantir que as culturas de 2ª safra sejam semeadas dentro de um período ideal.

Leia também:  Promotor causa danos em TV, humilha PMs e acaba detido em MT

As informações foram divulgadas pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.