Foto Reprodução
Foto Reprodução

Em 16 de novembro é comemorado o Dia Internacional da Tolerância e essa é uma excelente oportunidade para reflexão. Em uma sociedade cada vez mais heterogênea, respeitar diferenças é fundamental para um bom convívio. As estatísticas mostram que o Brasil ainda tem muito a aprender nessa questão – mas nunca é tarde para começar.

Essa data é comemorada desde 1997, mas suas origens remontam a anos anteriores e são a consequência de uma série de ações tomadas a partir de 1993 no âmbito da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) – essa última uma agência da primeira.

Para praticar a tolerância antes é preciso saber o que ela significa. De acordo com a Declaração de Princípios sobre a Tolerância da ONU ela é o respeito, a aceitação e o apreço pela diversidade em todos seus âmbitos.

Leia também:  Polícia prende homem que queria atacar bares gays na França

– Respeito
É um princípio indispensável para quem deseja ser tolerante.
– Tranquilidade
Intolerância é um gatilho não apenas para conflitos individuais, mas até mesmo para guerras. Para responder a ela, adotar um comportamento pacífico é a melhor solução
– Coragem
Assumir uma posição mais tolerante exige coragem – tanto para defender a diversidade quanto para ficar longe de atitudes equivocadas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.