Mato Grosso estreia competição com quatro vitórias- Foto: assessoria
Mato Grosso estreia competição com quatro vitórias- Foto: assessoria

As equipes mato-grossenses de futsal, handebol e basquete masculinos, e a de handebol feminino, venceram suas partidas de estreia disputadas nesta terça-feira (17) nos Jogos Escolares da Juventude, em Londrina (PR). Outras três equipes mato-grossenses não tiveram o mesmo rendimento e foram derrotadas pelos adversários.

Os meninos da Escola Estadual Pio Machado, de Acorizal, na segunda divisão do futsal, enfrentaram o Colégio Santa Rosa (PA). Nos primeiros dez minutos de jogo, os atletas sofreram com a pressão dos adversários – que logo marcaram um gol. Mas no finalzinho do primeiro tempo Nobres empatou, e no retorno à quadra, no início do segundo tempo, virou o jogo, para 2×1. “A partir deste momento, jogamos apenas no contra-ataque, conseguindo fazer mais três gols”, conta o técnico Elvis Soares.

Placar final 5×2, com destaque para o goleiro, Flávio Augusto Silva, Abenilson de Oliveira com três gols, e Ludson Bruno Soares e Niccolas Denis da Silva, com um gol cada.

Outros que enfrentaram um início de jogo difícil foram os atletas do handebol masculino, da Escola Estadual 13 de Maio, de Sorriso. A equipe, que está na primeira divisão, enfrentou de cara uma das seleções consideradas mais fortes na competição, o Colégio Amorim Vila Guilherme, de São Paulo, em um jogo cheio de emoções.

Leia também:  Diretoria do União decide manter 15 jogadores que disputaram a Série D

Apesar do resultado final apresentar 10 gols de diferença para Sorriso (33 a 23), a partida foi tensa e bastante equilibrada no primeiro tempo. O armador Paulo Vinicius marcou nove gols, demonstrando técnica e experiência (apenas nos JEJs, foram três participações consecutivas), Higor Santos marcou sete, Matheus Schaia cinco, Yuri Fassina quatro, Pedro Mota e Tailon Feliz três gols cada, Gabriel Talaska e Paulo Roma um gol cada.

Pela segunda divisão, as meninas do handebol feminino, da Escola Coopercamp, do município de Campo Verde, derrotaram a equipe do Colégio Sagrada Família, do Rio Grande do Norte. O placar final foi de 21×11, com destaque para a atleta Luciana Seller, artilheira da partida com seis gols.

Leia também:  Brasil joga primeira partida do Grand Prix em Cuiabá

O técnico Luiz Coty destaca que o trabalho em equipe fez a diferença no jogo. “Com uma defesa muito forte conseguimos anular as adversárias e alcançamos um resultado bem positivo na estreia”, afirma.

Já pelo basquete masculino da segunda divisão, a Escola Estadual Nilo Póvoas, de Nobres, jogou contra o Colégio Tiradentes (AP). Em uma partida também equilibrada, o placar final foi de 42×36.

Outras partidas

Nas primeiras divisões em suas modalidades, as equipes de voleibol masculino, e futsal e basquetebol femininos não tiveram uma boa estreia na competição.

A equipe de vôlei, da Escola Estadual Alda Scople, de Primavera do Leste, enfrentou o Colégio Regina Mundi (PR) e perdeu de 2 sets a zero, parciais de 23×25 e 12×25.

O time feminino de futsal, da Escola Estadual Carlos Hugueney, de Alto Araguaia, foi derrotada pelo Colégio Certo, do Distrito Federal por 5×2.

Já as atletas do basquete jogaram contra a equipe do Colégio ADN Master, do Rio de Janeiro e acabaram derrotadas por 73×18. “A experiência e força física do time carioca se destacaram. Apesar de lutar muito, nossa equipe cometeu muitos erros, infelizmente”, avalia o técnico Agnaldo Pereira, destacando que a expectativa é diminuir as falhas para obter melhores resultados nas próximas partidas, contra o Paraná e Santa Catarina.

Leia também:  Luverdense deixa a zona de rebaixamento

A única equipe que não jogou nesta terça-feira (17) foi a do voleibol feminino, do Colégio Regina Pacis, de Sinop. Sob comando da técnica Claodete Hasselstron, as atletas festreiam nesta quarta-feira.

Os Jogos Escolares da Juventude são o maior evento estudantil esportivo do Brasil. A competição de abrangência nacional reúne milhares de alunos-atletas de instituições de ensino públicas e privadas de todo o país. Atualmente, é tida como referência internacional.

A delegação de Mato Grosso, composta por cerca de 90 pessoas, entre atletas, técnicos e oficiais, conta com o apoio do Governo do Estado, por meio das secretarias de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) e Educação (Seduc).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.