24 gols. Foi o que Ronaldo, aposentado dos campos em 2011, anotou na temporada 2003/2004 do Campeonato Espanhol, então no Real Madrid. Depois disso, o futebol brasileiro nunca mais esteve representado na artilharia máxima do torneio.

Essa sina, no entanto, pode ser quebrada muito em breve. Com o gol marcado na vitória do Barcelona por 4 a 0 sobre o Real Madrid, no último sábado, Neymar chegou a 12 em La Liga e manteve a condição de goleador do torneio, um gol a mais que seu companheiro de ataque, o uruguaio Luis Suárez, que foi às redes por duas vezes no clássico.

Depois que Ronaldo ficou com o troféu de ‘Pichichi’, como é condecorado o artilheiro da liga espanhola, o brasileiro que mais deixou sua marca foi Ricardo Oliveira, em 2004/2005, quando fez 23 gols com a camisa do Bétis.

Leia também:  Copa de 94 volta à tona com histórias de Romário e loira de Rondonópolis

Veja quem foram os artilheiros do Campeonato Espanhol nas últimas 12 temporadas:

2003/2004 – Ronaldo (BRA – Real Madrid): 24 gols

2004/2005 – Forlán (URU – Villarreal) e Eto’o (Barcelona): 24 gols

2005/2006 – Eto’o (CAM – Barcelona): 26 gols

2006/2007 – Van Nistelrooy (HOL – Real Madrid): 25 gols

2007/2008 – Güiza (ESP – Mallorca): 27 gols

2008/2009 – Forlán (URU – Atlético de Madrid): 32 gols

2009/2010 – Messi (ARG – Barcelona): 34 gols

2010/2011 – Cristiano Ronaldo (POR – Real Madrid): 40 gols

2011/2012 – Messi (ARG – Barcelona): 50 gols

2012/2013 – Messi (ARG – Barcelona): 46 gols

Leia também:  Cuiabá vence Luverdense e se classifica para semifinal no sub-17

2013/2014 – Cristiano Ronaldo (POR – Real Madrid): 32 gols

2014/2015 – Cristiano Ronaldo (POR – Real Madrid): 48 gols

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.