Foto: assessoria
Foto: assessoria

O vereador do PMDB, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô, presidente do Legislativo Municipal, revelou preocupação com o estado de conservação das pontes, estradas estaduais e vicinais que cortam a região do município de Rondonópolis, ao usar a tribuna livre da Câmara, nesta quarta-feira (4).

O vereador lembrou que o período das chuvas chegou e as reclamações que já vinham sendo efetuadas por moradores dessas regiões, se avolumou e se intensificou. “Nós vereadores estamos sendo cobrados diariamente pelas pessoas, que querem uma resposta do poder público. Eles querem saber quem vai consertar as estradas e pontes que estão caindo aos pedaços. As estradas que já estavam precisando de reparos no período da seca, agora com as chuvas, vai ficar ainda mais complicado, trafegar por elas”.

Leia também:  Vereadores cobram a implantação de semáforos em pontos críticos

Fulô citou várias situações que precisam de atenção imediata do poder público, como as MTs 130 e 270, bem como, as estradas vicinais sem pavimento que atendem a regiões da Aldeínha, Naboreiro, Beroaba e Vila Bueno, e alguns assentamentos, entre outras.

Ele falou ainda da estrada da Reserva Carimã na região do córrego Ponte de Pedras, e da região da MT-270, no Pontal do Areia, região dos Viola, Cascata, Catanduva e Galiléia.

De acordo com o vereador, na região da Aldeínha, duas pontes estão com o assoalho todo comprometido (quebrado), e se não houver uma intervenção imediata do poder público, poderão cair e impedir o tráfego dos moradores e sitiantes daquela região.

Leia também:  Grupo JBS distribuiu R$ 400 milhões em propinas, diz Joesley

“A ponte do rodeio na região do Naboreiro caiu esta semana. O pessoal está querendo saber quem vai se responsabilizar pelo reparo. Nós vereadores também estamos querendo saber quem vai se responsabilizar pelo conserto da ponte? Nós temos informação de que uma parcela do Fethab – Fundo Estadual de Transporte e Habitação está sendo destinada ao município para ser utilizada na conservação de estradas. Por isso queremos saber se será responsabilidade do município ou do estado esses consertos?” questionou o vereador.

Fulô repassou ainda que na próxima sexta-feira (6), vai liderar uma comissão de vereadores para se dirigir até a Sinfra em Cuiabá, para encaminhar as reivindicações das comunidades afetadas, e para obter informações junto ao secretário adjunto Aristóteles Cadidé, e saber exatamente quais regiões estarão contempladas no pacote de obras da Sinfra no município, já que algumas estradas e pontes, não estariam incluídas no pacote, e estariam precisando de uma intervenção imediata, como a ponte da Vila Bueno.

Leia também:  PL quer divulgar Lei Maria da Penha nas escolas estaduais
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.