O local ficou vazio após operação da policia - Foto: assessoria
O local ficou vazio após operação da policia – Foto: assessoria

O garimpo ilegal localizado na Serra da Borda, em Pontes e Lacerda (MT) (671 Km de Rondonópolis), foi completamente esvaziado. O local ficou conhecido como a ‘Nova Serra Pelada’ depois de atrair cerca de 7 mil pessoas diante do volume de ouro encontrado na área. No final de semana, quatro homens foram presos quando tentavam entrar no garimpo.

Na semana passada, as galerias e túneis foram implodidos para evitar novas invasões e riscos de desmoronamento. Desde então, o local está interditado e continua sendo monitorado pela polícia.

Apesar de policiais terem chegado no local no final do mês passado para tentar negociar com os garimpeiros a saída deles, a desocupação, de fato, ocorreu na semana passada. Por determinação da Justiça, 150 homens das polícias Federal (PF), Militar (PM), Civil e Rodoviária Federal (PRF) cumpriram a determinação da Justiça Federal.

Leia também:  Alunos estão sem aula por falta de transporte no interior de MT

O processo de desocupação começou na semana seguinte à operação que desarticulou uma quadrilha, que, segundo a Polícia Federal, comandava o garimpo e extorquiam garimpeiros, comerciantes e até prostitutas que também estavam na área.

O juiz da Vara Federal de Cáceres, Francisco Antônio de Moura Júnior, determinou, no dia 16 de outubro, o fechamento imediato das atividades de extração de minério da Serra da Borda.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.