Uma adolescente de 14 anos foi estuprada em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que a garota foi abordada no caminho da escola pelo criminoso. O suspeito foi detido e confessou o crime.

A menina estuda em uma escola longe de casa. Por isso, ela sai bem cedo, sempre sozinha. Depois de caminhar por uns 20 minutos, a adolescente pega um ônibus.

Por volta das 6h de segunda-feira (09), a menina seguiu seu trajeto, como de costume, mas foi surpreendida por um homem no meio do caminho. Imagens de câmeras de segurança de uma casa registraram o momento da abordagem.

Leia também:  Contribuintes do INSS não precisarão mais comparecer em posto de atendimento para pedir a aposentadoria
Foto: Montagem/ R7/ Reprodução/ Rede Record
Foto: Montagem/ R7/ Reprodução/ Rede Record

Nas imagens, é possível ver o carro branco parado e um pouco encoberto por uma árvore. O motorista espera a adolescente chegar. Ele segue por alguns metros e, assim que a menina se aproxima, sai do carro e a aborda. A adolescente resiste, mas o homem passa o braço em seu pescoço e, aos poucos, a empurra para dentro do carro.

Aproximadamente duas horas após a abordagem, o pai da menina procurou o dono da casa para que as imagens fossem divulgadas nas redes sociais.

Com a divulgação do caso, a polícia conseguiu identificar o carro usado na ação. O veículo estava com a mulher do suspeito. Ela foi levada para a delegacia, mas o marido havia desaparecido. Cerca de cinco horas depois, a mulher recebeu uma ligação que ajudou a polícia a localizar o suspeito. Westerley Fernando da Silva Araújo, de 23 anos, foi detido na madrugada de quarta-feira (11).

Leia também:  Loja é destruída e carro arrastado por carreta desgovernada em GO

Na casa dele, foram encontradas as roupas que ele usava no dia do crime: boné, calça e camisa listrada. A polícia acredita que, durante o tempo em que ficou desaparecido, o homem estava sendo julgado por uma facção criminosa.

Em depoimento, Araújo disse que levou a menina para uma antiga estação ferroviária, distante 1 km de onde ela foi abordada, e a estuprou. A menina foi encaminhada ao Hospital das Clínicas, onde passou por exames

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.