Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Justiça Eleitoral tem enfrentado dificuldades para realizar a biometria no município de Sinop devido ao comportamento dos eleitores. Levantamento realizado pelos cartórios da 32ª e 22ª Zonas Eleitorais demonstra que cerca de 55% dos eleitores que agendam seu atendimento não comparecem na data e horários reservados.

O agendamento evita filas. Ele foi criado para organizar os trabalhos e possibilitar um atendimento qualificado ao eleitor, com comodidade e conforto. Contudo, na medida em que o eleitor agenda mas não comparece, ele provoca a desorganização dos serviços, trazendo prejuízos tanto à Justiça Eleitoral quanto aos eleitores que deixaram de comparecer naquele horário porque ele já estava reservado para quem agendou.

“Os eleitores que se agendam atendimento e se ausentam na hora e data marcada, prejudicam as pessoas que procuram o cartório e deixam de ser atendidas por não ter agendado”, explica a chefe do cartório da 32ª Zona Eleitoral, Eliane Regina Arfeli Ferreira.

Leia também:  Saúde foca em realização de novo concurso

A demanda espontânea tem sido grande na 32ª Zona Eleitoral, devido à localização do cartório e de outros órgãos em seu entorno, como Polícia Federal, Receita Federal e outros órgãos públicos. Desta forma, os eleitores comparecem sem agendamento, o que por vezes pode provocar filas e longas esperas pelo atendimento.

Na Central de Atendimento ao Eleitor, ligada à 22ª Zona Eleitoral, a demanda espontânea é bem menor, o que deixa os guichês de atendimento ociosos em alguns horários do dia.

Há centenas de vagas para dezembro; agende agora

A Justiça Eleitoral reduziu de 40 para 20 minutos o tempo gasto por atendimento em Sinop, o que fez surgir 68 novas vagas por dia no município, o que produziu centenas de vagas já a partir de 1º de dezembro.
Para ser atendido, o eleitor precisa agendar seu horário. O agendamento pode ser feito pelo telefone 0800 647 8191. Caso o eleitor saiba a qual zona eleitoral está vinculado, o agendamento pode ser feito também pelo site do TRE (tre-mt.jus.br).

Leia também:  Unemat divulga resultado final do Vestibular 2017/2

Na data e hora agendadas, o eleitor precisa ter mãos um documento oficial preferencialmente com foto e um comprovante de residência datado de, no mínimo, três meses antes do atendimento. O comprovante precisa estar no nome do próprio eleitor ou de algum parente de linha reta, como pais, filhos, avós ou netos.
Eleitores do sexo masculino precisam levar também o comprovante de quitação com o serviço militar, para casos de alistamento.

Locais de atendimento

Em Sinop há dois locais de atendimento para a biometria:

– Central de Atendimento ao Eleitor, vinculada à 22ª Zona Eleitoral, situada à rua das Grevileas, 422, centro;

– Cartório eleitoral da 32ª Zona Eleitoral, na avenida das Figueiras, 980, setor comercial norte.

Leia também:  Preço do leite pago ao produtor sofre variação e cai em MT

O horário de funcionamento dos dois locais é das 7h30 às 13h30.

Vale lembrar que os eleitores residentes na Zona Norte de Sinop, considerando como corte a avenida Júlio Campos e seu prolongamento, são atendidos somente na 32ª ZE.

Já a 22ª Zona Eleitoral, que atende os eleitores da Zona Sul de Sinop, atua também como Central de Atendimento, e por isso pode cadastrar tanto os eleitores vinculados a ela quanto aqueles que pertencem à 32ª ZE.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.