BR - 163 - Foto: assessoria
BR – 163 – Foto: assessoria

A Concessionária Rota do Oeste, responsável pela manutenção da BR-163 em Mato Grosso, prevê, durante este feriado prolongado (20 a 23 de novembro) um aumento de 30% no fluxo de veículos ao longo do trecho sob sua responsabilidade. Espera-se que circulem por toda a rodovia mais de 220 mil veículos entre caminhões e veículos de passeio, em especial nas regiões metropolitanas cortadas pela rodovia.

O usuário que passar pela BR-163 durante este feriado prolongado conta  com a prestação de serviços de socorro mecânico e médico por meio do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) da Rota do Oeste. Os atendimentos são prestados pela equipe da Concessionária sem a cobrança de qualquer taxa adicional ao longo dos 850 quilômetros sob responsabilidade da empresa entre a divisa com o Mato Grosso do Sul e Sinop. Ao todo são mais de 500 pessoas e 70 veículos entre guinchos, ambulâncias e veículos de inspeção à disposição dos usuários.

Leia também:  MPE denuncia estudante por homicídio triplamente qualificado e requer manutenção de prisão

Em caso de necessidade, o usuário pode acionar o SAU por meio do telefone 0800 065 0163. “Se houver uma pane, por exemplo, o usuário deve informar seu nome e a sua localização na rodovia, para acionamento do guincho, que avaliará o problema e, se necessário, encaminhará o veículo ao posto de serviço mais próximo”, comenta o gerente de tráfego Fernando Milléo. Ele destaca que todos os custos com serviços oferecidos pela Concessionária já estão inclusos na tarifa arrecada nas praças de pedágio da rodovia.

A quantidade de solicitações para remoção de veículos tende a aumentar nos feriados prolongados. No período entre 20 e 23 de novembro do ano passado, foram registrados 466 atendimentos à panes na BR-163 entre a divisa com o Mato Grosso do Sul e Sinop. Destas, 258 foram panes mecânicas, 35 por problemas elétricos e 37 panes secas, quando falta combustível no veículo.

Leia também:  Detentos assistem peça teatral pela 1ª vez em Cuiabá

Praças

Para garantir a tranquilidade durante o feriado e evitar filas nas praças de pedágio, 152 integrantes atuarão nas unidades arrecadadoras com até 10 funcionários por turno. Na sexta-feira (20) e no domingo (22), período em que é esperado fluxo maior de veículos, também entram em atuação dos chamados ‘papa filas’, que efetuam a arrecadação antes da chegada ao guichê para agilizar o processo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.