Campeonato Brasileiro de Karate 2015 - Foto: assessoria
Campeonato Brasileiro de Karate 2015 – Foto: assessoria

Doze caratecas mato-grossenses, entre atletas e professores, participaram do Campeonato Brasileiro Júnior-Adulto em Curitiba-PR e conquistaram o vice-campeonato. O evento, realizado na Pontifícia Universidade Católica – PUC de 27 a 29 de novembro, reuniu participantes de vários estados brasileiros.

Três academias de Mato Grosso ficaram entre as seis melhores do país, no ranking oficial do Brasileirão. Outro destaque ficou com a atuação dos mato-grossenses na arbitragem, tendo representantes do estado atuando nas finais de diversas modalidades.

Campeonato Brasileiro de Karate 2015 - Foto: assessoria
Campeonato Brasileiro de Karate 2015 – Foto: assessoria

O presidente da Federação de Karatê-Do Tradicional de Mato Grosso (FKTMT) Vladimir Zanca explica que esse ano a delegação foi menor, mas a qualidade e o companheirismo, pelo contrário, cresceram bastante. “Participamos de todas as modalidades com uma equipe forte e concisa. Isso é reflexo do que fazemos dentro e fora do Dojo, do treinamento até a vida pessoal”, disse.

Leia também:  MPE promoverá painel sobre Conversão Agroecológica e Produção Sustentável de Grãos na APA das Nascentes do Rio Paraguai

Ele explica que esse campeonato era para ter sido realizado em agosto, mas por conta dos preparativos do Mundial Unificado, realizado em outubro na Eslovênia, teve de ser adiado. “Paraná abraçou esse evento e realizou um grande campeonato. A Confederação Brasileira de Karatê-Do Tradicional, coerente com o que a arte marcial nos ensina, está focada na qualidade do nosso Karatê e tem feito isso muito bem”, explicou.

Resultado Geral Equipes (Estados)
1- BA, 120 pontos
2- MT, 118 pontos
3- PR, 100 pontos
4- SP, 80 pontos
5- RS, 52 pontos

Resultado Geral Individual (Academias):
1- TAERUKAN / PR, 292 pontos
2- UNIÃO DA FORÇA/MT, 236 pontos
3- ZANCHIN/PR, 127 pontos
4- DRAKON/BA, 80 pontos
5- RONDONÓPOLIS/MT, 73 pontos
6- ZANCA DOJO/MT, 70 pontos
7- RINSHUKAN/RS, 67 pontos

Leia também:  Taques começa a semana lançando obras em 12 municípios de MT

A delegação de Mato Grosso contou com Vladimir Zanca – Presidente/Delegado/Atleta, Celestino Gonçalves da Cunha – Vice-presidente/Árbitro, Arlene Benedita Marques Amarante – Técnico/Atleta, Jean Lucas Teixeira de Carvalho – Árbitro, Clovis Cesar Astrissi – Árbitro, Walkyria Fernandes – Atleta, Wildy Amarante – Atleta, Nayara Amarante – Atleta, Lucas Xavier – Atleta, Luckas Silvester – Atleta, Wender Amarante – Atleta e Katielle Pinho – Atleta.

Mundial Unificado abre portas para Olimpíadas

Em 2016, o Karatê-Do Tradicional de Mato Grosso tem um ano de muita luta, em todos os sentidos. “Uma expectativa que foi criada com o 1º Campeonato Mundial Unificado, que juntou o Karatê geral, o Tradicional e o Karatê de Contato. Agora estamos na expectativa para que o Comitê Olímpico Internacional faça o anúncio, se aceita ou não o Karatê para as Olimpíadas de 2020”, disse Zanca.

Leia também:  Bombeiros se alegram por não ter registro de afogamento em festival de praia em MT

Ele ressalta que o karatê é o mesmo para todos, mas detalhes nas competições estão sendo superados para que a arte milenar que é um esporte praticado em todo o planeta também faça parte dos jogos olímpicos. “Temos atletas de qualidade, pessoas que dedicam suas vidas ao Karatê. As olimpíadas podem elevar o esporte a um novo patamar e trazer mais talentos para o Karatê. Mato Grosso, certamente, vai fazer parte dessa história”, concluiu o presidente da FKTMT.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.