Adriana Candido-Foto: Polícia Civil
Adriana Candido-Foto: Polícia Civil

Adriana Candido, 40 anos, foi detida na tarde desse domingo (22) após tentar entrar na Cadeia Pública de Primavera do Leste (MT) com drogas escondidas nas suas partes íntimas. Ela só confessou quando foi interrogada pela Polícia Civil.

Através do serviço de monitoramento, o delegado Rafael Fossari desconfiou que Adriana iria tentar levar entorpecentes para dentro do Sistema Prisional, por isso os agentes prisionais realizaram a revista e como não encontraram nada acionaram a Polícia Civil.

Em interrogatório, Adriana acabou confessando que a droga estava em sua genitália. Ela foi levada ao banheiro, onde retirou o entorpecente e entregou a polícia.

Droga que estava escondida nas partes intimas de Adriana- Foto: Polícia Civil
Droga que estava escondida nas partes intimas de Adriana- Foto: Polícia Civil

Segundo o delegado Rafael Fossari, que acompanhou o caso, relatou que essas situações são corriqueiras e por isso estão sempre monitorando à entrada no presídio, para que a droga não chegue nas mãos dos reeducandos. “Como não podemos constranger as mulheres, no momento das revistas, algumas aproveitam da situação e escondem a droga em suas partes intimas, para levar aos seus parentes que estão presos”, disse o delegado.

Leia também:  Casal de idosos é feito refém durante assalto a comércio e suspeitos são detidos

Diante dos fatos, Adriana foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e ficará à disposição do Ministério Público.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.