A seleção brasileira ao longo de sua história fez 12 jogos em na Fonte Nova. Nunca foi derrotada. Foram sete vitórias e cinco empates. Cinco confrontos valeram três pontos – quatro deles pela Copa América de 1989 e um válido pela Copa das Confederações de 2013. O curioso é que o Brasil nunca entrou no estádio para disputar uma partida de eliminatórias. Nesta terça-feira, às 22h (de Brasília), contra o Peru, será a primeira vez da equipe nacional em um jogo que vale vaga para a Copa do Mundo de 2018.

A última vez que atuou no estádio foi em 2013. Pela Copa das Confederações, o Brasil derrotou a Itália por 4 a 2, com gols de Fred (2), Dante e Neymar. Giacherini e Chiellini descontaram. De lá para cá, nunca mais voltou. Dos atletas que estiveram naquela competição, apenas sete retornaram em 2015: o goleiro Jefferson, os laterais Daniel Alves e Filipe Luís, os meio-campistas Luiz Gustavo e Oscar e os atacantes Neymar e Hulk.
Balotelli e Neymar jogo Brasil Itália.

Leia também:  Corinthians vence o Fluminense de virada e se torna campeão brasileiro pela sétima vez

O estádio também é marcado pela impaciência, algo corriqueiro entre os torcedores baianos com a seleção brasileira.É comum ver a torcida local vaiando o Brasil em caso de atuação apática, falta de um bom futebol ou gols.

Na Copa América de 1989, o atacante Charles, artilheiro do Bahia na campanha do título brasileiro de 88, foi cortado pelo então técnico Sebastião Lazaroni. A partir daí, a paz da equipe nacional com o torcedor baiano acabou. O ex-jogador, em entrevista a relembrou o ocorrido.

– Foi um momento muito marcante na minha carreira. É claro que foi um momento chato. Não é bom para ninguém ver seu país sendo vaiado, ver bandeiras sendo queimadas, incomodou bastante. Para mim, foi um momento de satisfação por ver o carinho que o torcedor baiano tinha por mim. Por outro lado, não é bom ter a imagem vinculada a um episódio como aquele.

Leia também:  Atletas de Rondonópolis se destacam em competição nacional

Agora, para o duelo diante dos peruanos, na terça-feira, a expectativa é de apoio total dos torcedores para que o Brasil consiga sair com os três pontos:

– Quando eu volto aqui é sempre uma emoção diferente – disse Daniel Alves.

Confira abaixo os jogos disputados na Fonte Nova:

06/07/1969 – Brasil 4 x 0 Bahia – Amistoso
05/07/1979 – Brasil 1 x 1 Seleção Baiana – Amistoso
08/07/1981 – Brasil 1 x 0 Espanha – Amistoso
04/11/1983 – Brasil 1 x 1 Uruguai – Copa América
05/05/1985 – Brasil 2 x 1 Argentina – Amistoso
01/07/1989 – Brasil 3 x 1 Venezuela – Copa América
03/07/1989 – Brasil 0 x 0 Peru – Copa América
07/07/1989 – Brasil 0 x 0 Colômbia – Copa América
11/10/1995 – Brasil 2 x 0 Uruguai – Amistoso
10/09/1997 – Brasil 4 x 2 Equador – Amistoso
05/06/1999 – Brasil 2 x 2 Holanda – Amistoso
22/06/2013 – Brasil 4 x 2 Itália – Copa das Confederações

Leia também:  Atleta de Rondonópolis fica com cinturão do Conselho Mundial de Muaythai
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.