Reunião - Foto: assessoria
Reunião – Foto: assessoria

O deputado estadual Zé Carlos do Pátio (SD), e o presidente da Câmara de vereadores de Campo Novo do Parecis, Dionardo Mendes (SD), participaram na tarde desta quinta-feira (27), de uma reunião com o secretário adjunto de Atendimento ao Cliente, Carlos Barão, que afirmou a suspensão por tempo indeterminado do fechamento das Agências Fazendárias (Agenfas) nos municípios do interior de Mato Grosso.

De acordo com o deputado, Zé do Pátio, o fechamento das Agenfas não seria a solução para a modernização da Secretaria de Fazenda (Sefaz), no Estado de Mato Grosso. “A Sefaz é um órgão que está aqui para abrir espaço, descentralizar e atender também a ponta. Vender esse produto de que fechar as Agenfas é a modernização não é correto”.

Leia também:  Vereador Thiago Silva propõe criação de Programa de Educação Financeira

Para o secretário adjunto, Carlos Barão, a principio a ideia é diminuir qualquer situação de ilícito. “Nós queremos favorecer o contribuinte, porque os casos de ilícito tem sido preocupantes. Suspendemos essa ação e retornaremos no ano que vem para poder conversar nas prefeituras e ver se o Executivo aprova ou não a retirada das agências”.

O vereador Dionardo lembrou que apesar de grande parte dos serviços estarem disponibilizados eletronicamente, outros ainda são feitos de forma presencial, a exemplo da emissão de documentos fiscais, como nota para microprodutor e microempreendedor e por isso é necessária as Agência Fazendárias.

Também estiveram presentes o presidente do Sindicato dos Agentes de Administração Fazendária (SAAFEMT), que apresentou a insatisfação da categoria com o possível fechamento das Agências Fazendárias nos municípios.

Leia também:  Sindicato Rural "sente pressão" e apresenta trabalho social a vereadores

Cronograma – Além de Campo Novo do Parecis, o cronograma do Estado prevê o fechamento das Agenfas de Jaciara, Alto Taquari, São José do Rio Claro, Terra Nova do Norte, Brasnorte, Juruena, Tabaporã, Porto dos Gaúchos, Campos de Júlio, Itiquira, Alto Garças, Aripuanã, Sapezal, Arenápolis, Barra do Brugres, Ribeirãozinho, Ouro Branco (Distrito de Itiquira), Nobres, Matupá, Alto Araguaia, Querência, Comodoro e Diamantino

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.