Odinart Alves Moreira, vulgo “Corró”, 33 anos, um dos suspeitos de participação no crime que tirou a vida do jovem mecânico Wesley Almeida Pereira, 29 anos se apresentou à polícia dois dias depois do assassinato. O crime aconteceu na quarta-feira (21/10) e “Corró” se apresentou e confessou o fato à Polícia Civil (PC) na sexta-feira (23).

Mecanico Weslei Almeida Passassinado no local de trabalho. Foto:Varlei Cordova/AGORAMT
Mecânico Weslei Almeida Pereira assassinado em oficina – Foto:Varlei Cordova/AGORAMT

Wesley foi assassinado em uma oficina às margens da BR-364, em Rondonópolis. De acordo com uma médica do Samu ao menos cinco tiros atingiram a vítima, na região da cabeça e do dorso. Ele morreu ainda no local.

De acordo com a delegada da 1ª Delegacia de Polícia Civil do Centro de Divisão de Crimes Contra Pessoa (DCCP), Karla Cristina Peixoto Ferraz, Odinart afirmou em depoimento que o motivo do crime foi por vingança. Ele estaria vingando a morte do amigo Diego Alves Miguel, 22 anos, que morreu na noite de domingo (30) no mês de agosto, após ser baleado em um bar localizado na Rodovia do Peixe. (leia mais)

Leia também:  Motociclista fica ferido após bater em ambulância do SAMU

Ainda conforme a delegada, um indivíduo identificado como Érico Ferreira de Almeida, 23 anos, se apresentou à polícia e confessou ter matado Diego. Após se apresentar Érico fugiu por estar recebendo ameaças.

Por ser amigo de Érico, o mecânico Wesley começou a receber ameaças pela morte de Diego, porém conforme a delegada o inquérito pela morte do Diego já foi concluído e enviado à justiça e não consta nenhuma acusação sobre o Wesley.

As investigações da polícia no momento está direcionada na procura do 2° envolvido no crime, que teria levado ‘Corró’ até a oficina. Odinart alegou à polícia que pediu para o 2° envolvido levar ele até a oficina, sendo que o indivíduo não sabia que ele iria efetuar o crime.

Leia também:  Motociclista bate em carreta e fica gravemente ferido na BR-163

Odinart vai responder por homicídio qualificado.

LEIA MAIS 

Mecânico é assassinado em empresa às margens da BR-364

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.